Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Após queda no preço, consumo de carne volta a crescer no Brasil

Consumo de carne bovina cresce no Brasil devido à produção recorde e queda de preços. Confira os detalhes e impactos

Diante de um panorama antes marcado pela escassez, o Brasil apresenta uma notável retomada no setor de carne bovina em 2024. De acordo com os dados recentes divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a expectativa é que pela primeira vez desde 2007, a produção de carne bovina ultrapasse a marca histórica de 10 milhões de toneladas.

Assim, esse crescimento vem após um período considerável de retração, ocorrido entre 2020 e 2022, durante o qual a oferta interna de carne bovina sofreu uma diminuição considerável. No entanto, os últimos dois anos sinalizaram um incremento consecutivo na disponibilidade e no consumo deste tipo de carne no mercado interno brasileiro.

Recuperação do mercado de carne bovina

O consumo per capita de carne no Brasil, que teve uma queda durante os anos de pandemia, começou a se recuperar recentemente. Este índice deve se manter em 32 kg por ano em 2024, equiparando-se ao número registrado em 2023, mas ainda abaixo dos 35,5 kg observados em 2018.

Além do aumento de produção, houve uma reação positiva nas cotações do produto. De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), o preço da carne bovina registrou uma diminuição de 0,15% em junho de 2024, com uma variação anual de -2,46%, indicando uma tendência de queda nos preços.

carnes em vitrine de supermercado
Imagem: Leitenberger Photography / Shutterstock.com

Produção e exportação

Dessa forma, do lado dos produtores houve um aumento de quase 35% nas exportações e de 20% na disponibilidade da carne no mercado interno. Assim, essa escalada reflete diretamente no aumento da capacidade produtiva, que deve alcançar mais de 11 milhões de toneladas ainda em 2024.

Veja também:

Pix alcança novo recorde com 224,2 milhões de transações diárias

Paralelamente, enquanto o Brasil celebra esse crescimento, a Argentina enfrenta uma situação adversa, com uma redução significativa no consumo per capita de carne bovina que deverá alcançar 44,8 kg per capita em 2024, a menor média desde o início dos registros em 1914.

Imagem: Leitenberger Photography/ Shutterstock.com