Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Auxílio emergencial: como atualizar os dados no App Caixa Tem

Veja como fazer a atualização com base na regra do CPF.

0

Se você está esperando a possibilidade do novo auxílio emergencial, saiba que jé possível realizar a atualização cadastral dos usuários do aplicativo Caixa Tem, com base na “regra do CPF”. Assim, a atualização permite o recebimento dos pagamentos da nova rodada do benefício.  Com isso, todos os usuários que receberam o benefício no ano passado e tenham o CPF terminado entre 00 e 59 já podem atualizar suas informações no aplicativo.

É provável que você também goste:

Novo Auxílio Emergencial exige atualização cadastral no Caixa Tem

Sem auxílio emergencial, caem gastos com supermercado, saúde e cuidados pessoais

Programa Renda Cidadã Emergencial está dando R$ 350 em cadastro pelo WhatsApp?

Além disso, os beneficiários deverão incluir dados como RG ou CNH, uma foto segurando o documento e um comprovante de residência. A ideia é evitar que ocorram fraudes de acesso às contas dos beneficiários do auxílio. E, é claro, verificar quais pessoas que receberam o benefício em 2020 perderam direito aos pagamentos agora.

Até o momento, a Caixa não divulgou qual a data limite para a atualização cadastral dos usuários do Caixa Tem. No entanto, é importante que você envie seus dados a partir desta sexta-feira (12). Você também pode conferir o passo a passo para enviar os dados por meio de um banner na tela inicial do aplicativo.

Auxílio emergencial: nem todos terão direito ao benefício

Por fim, é importante ressaltar que nem todo mundo terá direito aos novos pagamentos, nem mesmo quem recebeu o Auxílio Emergencial no ano passado. Dessa forma, o governo só vai iniciar a análise de quem recebe ou deixa de receber o benefício após a aprovação da PEC emergencial. Lembrando que a nova rodada do benefício já foi aprovada em dois turnos no Senado Federal e já teve seu texto-base aprovado pela Câmara dos Deputados.

Com isso, agora serão votados apenas alguns destaques antes que a proposta seja enviada para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Desta vez, os valores pagos serão, em média, de R$ 250. Além disso, serão pagos R$ 175 para homens solteiros e R$ 375 para mães chefe de família.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...