Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Auxílio Reconstrução: número de famílias que irão receber R$ 5.100 é ampliado

Uma medida provisória amplia o Auxílio Reconstrução para famílias afetadas por desastres naturais. Saiba mais informações!

O governo federal tomou uma medida significativa para ajudar as famílias severamente afetadas pelas enchentes devastadoras no Rio Grande do Sul. Trata-se, portanto, da edição de uma medida provisória, publicada na última quarta-feira (19) em uma edição extra do Diário Oficial da União, que disponibiliza o Auxílio Reconstrução para o socorro imediato dessas famílias.

A medida provisória, conhecida como MPV 1.235/2024, destina R$ 689 milhões ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional. Este valor tem como objetivo principal fornecer crédito para as famílias afetadas, garantindo um suporte financeiro fundamental neste momento critico. Continue a leitura para mais informações!

O que é o Auxílio Reconstrução?

Pessoa segurando várias notas de R$ 50
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

O Auxílio Reconstrução destina-se a fornecer ajuda financeira às famílias que perderam suas casas ou que se viram obrigadas a desocupá-las devido às inundações. Desse modo, cada família beneficiada receberá R$ 5.100, pagos em parcela única, uma soma que busca aliviar o impacto econômico imediato causado pelas enchentes.

Sendo assim, para ser elegível ao Auxílio Reconstrução, é necessário que as famílias estejam cadastradas no sistema do governo federal. Esse cadastramento ocorre com base em informações fornecidas pelas prefeituras dos municípios em estado de calamidade pública e também por meio de dados autodeclarados pelo responsável pela unidade familiar.

Ademais, é importante destacar que qualquer irregularidade encontrada no cadastro pode levar a sérias implicações legais, inclusive a necessidade de reembolso dos valores recebidos.

Impacto das enchentes na região

O estado do Rio Grande do Sul enfrentou uma das mais graves crises devido às enchentes recentes. Logo, as inundações afetaram diretamente mais de 2,3 milhões de pessoas, com mais de 600 mil delas sendo obrigadas a abandonar suas residências. Por isso, o Auxílio Reconstrução se faz fundamental nesse momento.

Ainda, a infraestrutura do estado também sofreu enormes danos, incluindo a destruição de estradas e pontes, além de severos alagamentos em áreas críticas, como o aeroporto internacional de Porto Alegre.

Veja também:

INSS volta a liberar pagamentos segunda-feira (24); veja se vai receber

Além das perdas imediatas, a catástrofe também teve um efeito devastador na economia local. Afetou-se cerca de 90% da indústria e as inundações alagaram extensas áreas de cultivo. Por fim, a necessidade de recuperação é vasta e incluirá mais de 3,2 milhões de hectares de terras agrícolas que precisarão ser restauradas para o cultivo.

Imagem: rafastockbr / shutterstock.com