Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bancos dão início a Desenrola para MEIs e pequenas empresas

Programa Desenrola para MEIs e MPEs oferece renegociação de dívidas em atraso. Saiba quem pode participar, como se cadastrar e os benefícios

Nesta segunda-feira (13), os bancos associados à Federação Brasileira de Associações de Bancos (Febraban) deram início ao programa “Desenrola para MEIs e MPEs”. Assim, a iniciativa, idealizada pelo Governo Federal e com o apoio da Febraban, tem como objetivo auxiliar Microempreendedores Individuais (MEIs) e Micro e Pequenas Empresas (MPEs) que possuem dívidas em atraso.

Dessa forma, essa nova versão do Desenrola visa auxiliar negócios que possuem faturamento anual de até R$ 4,8 milhões e que estão enfrentando dificuldades financeiras. Assim, essas empresas poderão renegociar dívidas vencidas até o dia 23 de janeiro deste ano. Veja mais detalhes sobre a iniciativa!

Desenrola para pequenas empresas

Portanto, semelhante ao programa ‘Desenrola’ para pessoas físicas, que ajudou cerca de 15 milhões de brasileiros a renegociarem cerca de R$ 50 bilhões em dívidas até o momento, o Desenrola Pequenos Negócios é apoiado pelo governo federal e busca proporcionar uma “injeção de recursos” para negócios em vulnerabilidade. 

De acordo com Isaac Sidney, presidente da Febraban, “o programa chega em um momento oportuno, oferecendo um respiro financeiro para as empresas que mais precisam”.

Veja também:

Como conseguir um cartão de crédito mesmo com o score baixo?

É importante destacar que o programa não possui uma data específica para encerramento. Isso significa que as empresas têm a flexibilidade de buscar apoio financeiro conforme a necessidade surge, sem a pressão de um prazo final iminente.

Logotipo do programa Desenrola Brasil sobre uma imagem desfocada de uma faixa de pedestres vista de cima, com muitas pessoas caminhando.
Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

Como participar da iniciativa

Enfim, os MEIs e MPEs devem entrar em contato com a instituição financeira em que possuem dívidas em atraso por meio dos canais de atendimento, tais como:

  • Agências físicas;
  • Internet banking;
  • Aplicativos dos bancos;
  • Centrais de atendimento

Assim, as condições de renegociação serão definidas de acordo com a situação de cada cliente, podendo ser:

  • Parcelamento em até 48 meses;
  • Redução de juros e multas;
  • Carência de até 180 dias para o início do pagamento.

Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital