Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Beneficiários do Bolsa Família terão crédito para se tornarem MEI; saiba mais

Descubra como microempreendedores e beneficiários do Bolsa Família podem impulsionar seus negócios com novo crédito!

O governo federal anunciou uma nova medida que promete transformar o cenário para microempreendedores e beneficiários do Bolsa Família. Assim, com o objetivo de incentivar o empreendedorismo e a formalização de negócios, haverá a implementação de um programa que permite a esses indivíduos acessar crédito facilitado para investir em suas microempresas.

Dessa forma, essa iniciativa surge em um momento crítico, onde a necessidade de incrementar a economia. Além disso, a medida irá gerar oportunidades de desenvolvimento para a população mais vulnerável.

Assim, o programa não apenas abrirá portas para novos empreendedores, mas também contribuirá significativamente para a arrecadação da Previdência Social, que registrou um déficit considerável no ano anterior. Veja mais detalhes!

Como irá funcionar o crédito para os beneficiários do Bolsa Família

Portanto, várias partes do governo, incluindo o Ministério do Empreendedorismo e Microempresa e o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), desenharam cuidadosamente a linha de crédito.

Assim, a proposta central é que os beneficiários do Bolsa Família possam tomar empréstimos para se formalizarem como Microempreendedores Individuais (MEIs) sem perderem o benefício, marcando o início de uma transição suave para a autossuficiência.

Cartão do Bolsa Família e dinheiro na mão de mulher
Imagem: Joa Souza/ shutterstock.com

Impacto da iniciativa

Enfim, com um olhar no futuro, o programa espera liberar um potencial de R$ 30 bilhões em empréstimos, um valor expressivo que reflete o compromisso do governo em apoiar os pequenos negócios. Além disso, estabelece um fundo garantidor em parceria com o Sebrae e o BNDES, incentivando assim, bancos privados e cooperativas a participarem do programa.

Veja também:

Auxílio Gás em abril para BPC: saiba quem pode receber!

Dessa forma, entre os beneficiados, estima-se que quase 44% daqueles que recebem mais de R$ 800 pelo Bolsa Família já empreendem informalmente. Assim, a concessão de crédito funcionará como um estímulo para que esses trabalhadores optem pela formalização como MEIs. O que não só beneficiará sua renda individual em 25%, mas também contribuirá significativamente para a economia do país.

Imagem: Joa Souza/ shutterstock.com