Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Black Friday deve bater recorde neste ano e alcançar R$ 4,64 bilhões, aponta CNC

Projeções para a Black Friday deste ano apontam para recorde histórico no valor de faturamento das vendas. Saiba mais!

A Black Friday de 2023 deve bater recorde histórico e alcançar um faturamento de R$ 4,64 bilhões, de acordo com as projeções da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Caso o cenário se confirme, o montante poderá representar um avanço de 4,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2022, a data de promoções das varejistas registrou faturamento de R$ 4,45 bilhões. Desde 2020, a partir do processo de digitalização intensificado pela pandemia de Covid-19, os números crescem a cada ano. 

Além disso, no ano de 2010, assim que a Black Friday foi incorporada ao calendário nacional como uma das principais datas para o setor de varejo, as projeções da CNC apontaram para um alcance de R$ 1,52 bilhões. 

Expectativa de faturamento da Black Friday entre os ramos 

Sendo assim, com base nas estimativas da CNC, é possível observar as projeções de faturamento com a Black Friday entre os diferentes ramos do varejo. Confira.

  • Eletroeletrônicos e utilidades domésticas: R$ 1,28 bilhão;
  • Móveis e eletrodomésticos: R$ 1,05 bilhão;
  • Hiper e supermercados: R$ 1,02 bilhão;
  • Vestuário, calçados e acessórios: R$ 0,73 bilhão;
  • Informática e comunicação: R$ 0,28 bilhão;
  • Outros segmentos: R$ 0,27 bilhão. 

Desse modo, diante desse cenário, os segmentos de eletroeletrônicos e utilidades domésticas e de móveis e eletrodomésticos deverão responder por quase metade (48%) da movimentação financeira prevista para a data. 

Imagem com a escrita Black Friday em um fundo preto.
Imagem: marcelokimura / shutterstock.com

Desaceleração da inflação e corte dos juros 

Por fim, segundo o relatório divulgado pela CNC, a desaceleração da inflação, os cortes na taxa básica de juros e a valorização do Real são os principais fatores que devem impactar uma melhora na Black Friday deste ano e contribuir para o maior faturamento da história.

Neste momento, a Selic encontra-se em 12,25%, após permanecer em 13,75% por quase um ano e a taxa inflacionária está abaixo da casa dos 5% ao ano. Vale lembrar que no ano passado, chegou a casa dos dois dígitos. 

Imagem: marcelokimura / shutterstock.com