Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsa Família: mulheres vítimas de violência doméstica podem passar a receber benefício

Entenda a proposta discutida na CAS para estender o Bolsa Família às mulheres vítimas de violência e seu impacto na proteção social

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal está debatendo uma proposta que visa estender o acesso ao Bolsa Família às mulheres vítimas de violência. Assim, essa medida busca fornecer apoio financeiro e assistência para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Em síntese, o Bolsa Família é um programa de transferência de renda essencial para milhões de famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. Dessa forma, ele desempenha um papel fundamental na redução da desigualdade social e na promoção do acesso a direitos básicos, como alimentação, saúde e educação. Veja mais detalhes!

Bolsa Família para mulheres vítimas de violência doméstica

Portanto, a proposta em debate na CAS visa ampliar o escopo do Bolsa Família para incluir mulheres que são vítimas de violência doméstica ou familiar. Assim, essa medida reconhece a necessidade de oferecer apoio financeiro específico para mulheres que enfrentam situações de violência em seus lares, muitas vezes ficando em uma posição de vulnerabilidade econômica.

Dessa forma, projeto de lei (PL) 3.324/2023, de autoria da senadora Zenaide Maia (PSD-RN) e com relatório favorável de Leila Barros (PDT-DF), específica que mulheres vítimas de violência e seus dependentes tenham prioridade no acesso aos benefícios do Bolsa Família. Caso seja aprovado na CAS, o projeto seguirá para análise na Câmara dos Deputados.

Mão segurando novo cartão do Bolsa Família.
Imagem: Divulgação / Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome

Apoio e proteção

Assim, as medidas discutidas pela CAS refletem um cuidado com diversas áreas da sociedade brasileira. A inclusão de mulheres vítimas de violência no Bolsa Família, em particular, pode representar um avanço significativo no apoio e proteção a esse grupo, garantindo-lhes não só assistência financeira mas também reconhecimento e prioridade necessários em políticas públicas.

Veja também:

Tim e Livelo fecham parceria e clientes super benefício; confira como aproveitar

Enfim, ao reconhecer e abordar as necessidades específicas das mulheres em situação de vulnerabilidade, o governo demonstra seu compromisso em combater a violência de gênero e promover uma sociedade mais justa e igualitária.

Imagem: Divulgação / Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome