Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsa Família tem novo auxílio de R$ 300 para mães solteiras, confira!

O Bolsa Família introduziu um novo auxílio de R$ 300 para mães solteiras. Saiba mais sobre quem pode receber e como solicitar.

O programa Bolsa Família, reconhecido por sua importância no suporte a famílias em situação de vulnerabilidade no Brasil, traz novidades para o ano de 2024. Com o intuito de fortalecer ainda mais o apoio oferecido, o programa introduzirá um novo benefício mensal voltado especificamente para as mães cadastradas. A partir de maio deste ano, as mães já inscritas passarão a receber um adicional de R$ 300.

Esse aumento busca proporcionar um auxílio adicional para lidar com as despesas cotidianas, reconhecendo o papel fundamental da maternidade na estrutura familiar. A decisão faz parte de um conjunto de medidas destinadas a estimular a economia por meio de uma política social ativa e eficaz.

Como as mães podem reivindicar o novo benefício?

Mão segurando celular com tela mostrando nome do programa Bolsa Família
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Para garantir o acesso a esse novo suplemento, é fundamental que as mães mantenham seu cadastro sempre atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Essa atualização precisa ser realizada pelo menos uma vez a cada dois anos e é feita presencialmente em um dos centros do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Conheça os benefícios oferecidos pelo Bolsa Família

O Bolsa Família é delineado para atender diferentes perfis de famílias brasileiras, oferecendo uma variedade de auxílios que incluem:

  • Benefício de Renda de Cidadania: Valendo R$ 142 mensais por membro familiar;
  • Benefício Primeira Infância: R$ 150 mensais para crianças de até sete anos;
  • Benefício Variável Vinculado a Adolescentes: Oferece R$ 50 mensais para mães adolescentes e jovens de até 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Concede R$ 50 mensais para lactantes e suas crias até sete meses;
  • Benefício Extraordinário de Transição: Permanece com o valor do antigo programa Auxílio Brasil até maio de 2025;
  • Benefício Complementar: Assegura uma renda mínima de R$ 600 por mês por família.

Por que manter o cadastro atualizado no CadÚnico é crucial?

A constante atualização no CadÚnico é imprescindível não só para assegurar a continuidade dos benefícios, como também para adaptar o auxílio às mudanças na composição ou condição da família. Este cuidado garante que no caso de modificações, como nascimentos ou mudanças de endereço, os benefícios se ajustem às novas circunstâncias.

Veja também:

Confira dicas valiosas para escapar do pente-fino do Bolsa Família

Com a adição deste novo benefício, o Bolsa Família reforça ainda mais sua importância como um instrumento de desenvolvimento social, assegurando melhores condições de vida às mães e seus dependentes e contribuindo para a diminuição das desigualdades sociais no Brasil.

Imagem: Ground Picture / shutterstock.com