O governo está estudando a possibilidade de trocar as notas de R$ 100 e R$ 50. A informação foi repassada pelo presidente Jair Bolsonaro, em entrevista ao apresentador Ratinho, que foi exibida ontem de noite pelo SBT.

É provável que você também goste:

Mastercard decide suspender campanha com Neymar após polêmica de suposto estupro.

BanQi é a nova conta digital, concorrente do Nubank, com cartão de crédito e saques gratuitos.

Ipiranga sorteará 1000 ingressos para o Rock in Rio e 82 iPhones XS.

Bolsonaro admite a possibilidade de mudar notas de R$ 100 e R$ 50

“Chegou ao nosso conhecimento mudar as notas de R$ 100 e de R$ 50 num prazo de um ano”, disse Bolsonaro quando questionado se existia a possibilidade de mudar essas e as demais cédulas em circulação. “Existe essa possibilidade, mas está faltando sinal verde da Economia para ver se é viável ou não essa proposta.”

Entretanto, o presidente não disse qual seria o motivo da troca das notas e nem como a proposta teria chegado ao seu conhecimento.

No mês passado, circulou pelas redes sociais, mensagens em que diziam que o governo teria determinado a mudança na cor das notas de real para combater criminosos. No entanto, o governo negou dizendo que as mensagens eram falsas.

Até o momento, o Banco Central não se posicionou a respeito. Portanto, não sabemos se realmente a mudança das notas pode ser motivada para combater criminosos.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.