Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Brasileiros perdem R$ 2,7 bilhões em golpes relacionados à compra e venda de carros

Brasileiros perderam R$ 27 bilhões em golpes na compra e venda de carros. Saiba como se proteger e evitar prejuízos financeiros!

A compra e venda de veículos usados pode parecer um bom negócio, especialmente quando se procura por preços mais acessíveis. Contudo, o aumento de golpes envolvendo transações online tem tornado a cautela ainda mais necessária.

Segundo dados da OLX, só em 2023, o Brasil registrou cerca de 91 mil casos de fraudes nesse setor, com um prejuízo total estimado em R$ 2,7 bilhões. Continue a leitura para mais informações!

Confira os dados sobre golpes na compra e venda de carros

Mão entregando uma chave de carro para outra com um pequeno veículo ao fundo
Imagem: 89stocker / shutterstock.com

Com uma redução significativa comparado ao ano anterior, em que as perdas atingiram R$ 4,3 bilhões, a queda nas fraudes mostra uma melhora na segurança. No entanto, os números ainda são expressivos, especialmente em estados como São Paulo, que lidera o ranking com 28% do total de golpes. Em seguida, aparecem Minas Gerais (8%), Rio de Janeiro (7%) e Bahia (6%).

Ademais, os golpes mais comuns são realizados utilizando plataformas online como sites e aplicativos. É imprescindível conhecer bem o veículo e o vendedor, preferencialmente negociando diretamente com o proprietário e sempre verificando o carro pessoalmente antes de finalizar a compra.

Aliás, marcas populares como Chevrolet, Volkswagen e Fiat são frequentemente usadas nos golpes, com modelos como Celta e Gol no topo da lista. Esses carros são não apenas escolhidos para fraudes de vendas, mas também são altamente visados para roubos.

Veja também:

Bolsa Família: calendário de junho pode sofrer alterações; saiba mais

Como se proteger, afinal?

Realizar uma Vistoria Cautelar é uma das melhores maneiras de verificar a procedência e o estado de um veículo. Este tipo de serviço, oferecido por empresas credenciadas pelo Detran, proporciona uma análise detalhada e pode evitar muitas dores de cabeça. Ainda, existem outras formas de prevenção contra golpes, por exemplo:

  • Insista em conhecer o proprietário e o veículo pessoalmente;
  • Nunca realize pagamentos ou depósitos antecipados sem ter certeza da idoneidade do vendedor;
  • Use serviços de verificação e histórico do veículo para checar se há pendências ou restrições;
  • Consulte o Renavam para garantir que o carro não é um clone;
  • Considere a compra através de revendedores estabelecidos ou recomendações confiáveis.

Por fim, segundo a VP de Produto da OLX, Beatriz Soares, com utilização crescente de inteligência artificial e aprendizado de máquina, plataformas de venda online estão se tornando mais ágeis na identificação e prevenção de fraudes. Ela ainda alerta que, quanto mais os consumidores estiverem informados sobre os riscos das negociações online, mais seguras serão as compras.

Imagem: 89stocker / shutterstock.com