Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

C6 Bank agora permite pagamento do iFood e Spotify no cartão de débito

0

Se você é adepto do cartão de débito para fazer suas compras e é cliente do C6 Bank, temos uma ótima notícia: o C6 Bank agora permite que você utilize esse meio de pagamento no Spotify e no Ifood. Em breve, a modalidade será aceita também no Uber e no Uber Eats. Além disso, deixar o cartão cadastrado nesses aplicativos de entrega é até uma forma de segurança em tempos de pandemia. Afinal, não ter que pagar o pedido na hora de retirar já diminui o contato e a chance de contrair o novo coronavírus. Confira mais detalhes nessa matéria.

É provável que você também goste:

Caixa abre centenas de agências neste sábado para saque do auxílio emergencial

Nubank Rewards: agora você pode apagar compras do supermercado com pontos que não expiram

Descubra o segredo para Ganhar Dinheiro ao usar o Auxílio Emergencial

Poder fazer pagamento do iFood e Spotify sem dúvida é uma facilidade para quem usa a conta digital do C6 Bank e o cartão de débito. A modalidade permite movimentar até R$ 5 mil por mês e não cobra taxas de manutenção. Além disso, quem usa somente o cartão de débito da fintech ainda pode acumular os pontos do programa Átomos, que não expiram, e do Mastercard Surpreenda. 

A conta digital, mesmo para quem não usa o cartão de crédito, permite transferências ilimitadas para clientes C6 e de outros bancos, saques ilimitados na rede Banco24horas e também o pagamento de pedágio pelo cartão de débito para evitar filas. Esse tipo de conta ainda possibilita o depósito por boleto e a portabilidade de salário.

Além dos aplicativos citados acima, a fintech quer ampliar as parcerias para possibilitar o pagamento no débito em mais serviços online. A própria operadora TIM já se tornou parceira e quer levar os serviços financeiros da fintech para seus clientes. A operadora também se tornou acionista do C6 Bank.

Como pagar os aplicativos no débito?

O pagamento via cartão de débito no Spotify e Ifood acontece da mesma forma que o pagamento com cartão de crédito. É preciso informar todos os dados, seus e do cartão, e a cobrança acontecerá mensalmente, no caso do Spotify, por exemplo.

A cada nova compra ou renovação de assinatura, o valor será automaticamente descontado do saldo da conta digital do C6 Bank. Essas compras vão virando pontos, seja no programa Átomos, que é da própria instituição, ou no Mastercard Surpreenda, que pontua qualquer compra, independentemente do valor.

No Ifood, antes de fazer a compra, é preciso prestar atenção às formas de pagamento de cada restaurante, pois elas podem variar. Verifique se a bandeira do seu cartão é aceita e também se o local aceita vale-refeição, um meio de pagamento que pode lhe ajudar a manter o saldo em sua conta digital.

No entanto, vale lembrar que o débito pode nem sempre ser a melhor opção. Ainda que as compras no cartão do C6 Bank rendam pontos, o ideal é usar essa modalidade se você não tem um cartão de crédito. Quando você usa o Spotify e Ifood no cartão de crédito, ganha um prazo a mais para pagar e, enquanto isso, pode deixar seu dinheiro rendendo em uma aplicação de resgate imediato.

Saiba mais sobre o C6 Bank

A fintech está em crescimento e, em fevereiro deste ano, atingiu a marca de 1,5 milhão de contas abertas. Além da conta digital com cartão de débito, o C6 Bank oferece cartão de crédito, investimentos como CDBs e fundos, crédito pessoal e um serviço de transferência por chamada de texto, chamado C6 Kick.

O cartão de crédito da fintech não cobra anuidade no plano tradicional. Para o cartão Carbon do C6 Bank, são cobrados R$ 85 por mês, com isenção nos três primeiros meses. O programa de pontos para o Carbon também é mais completo, permitindo trocar a pontuação por salas VIP em aeroportos, consultoria de viagens, entre outros benefícios.

Quem quer usar o cartão de crédito da instituição para as compras online tem a opção de usar o cartão virtual. Ele permite mais segurança, pois é gerado um código que vale para compras na internet, impedindo que o cartão físico seja clonado, por exemplo. O cartão virtual pode ser gerado diretamente pelo app do C6 Bank. As compras feitas por esse tipo de cartão também geram pontos.

A instituição é mais uma fintech que está investindo em novos recursos para seus clientes e, por isso, ainda não tem lucro. Em 2019, o primeiro ano de atividade do C6 Bank, o prejuízo foi de R$ 186,903 milhões. O patrimônio líquido da fintech no ano passado era de R$ 335,6 milhões.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Freepik

Comentários
Carregando...