Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cadastro para receber Pix de R$ 5,1 mil termina nesta terça (25)

O prazo para as prefeituras cadastrarem as famílias que receberão o Auxílio Reconstrução de R$ 5,1 mil termina nesta terça (25). Saiba mais

O prazo para as prefeituras cadastrarem as famílias gaúchas que receberão o Auxílio Reconstrução de R$ 5,1 mil termina nesta terça-feira (25). O benefício, criado pelo Governo Federal através da Medida Provisória nº 1.219/2024, visa auxiliar na recuperação de bens perdidos pelas famílias desalojadas ou desabrigadas em áreas com estado de calamidade ou situação de emergência.

Assim, as prefeituras dos municípios afetados são responsáveis pelo cadastro das famílias. Dessa forma, as famílias não precisam se preocupar em abrir contas bancárias, pois o pagamento do auxílio ocorrerá via Pix, diretamente na conta informada no cadastro. Veja mais detalhes sobre o pagamento!

Pix de R$ 5,1 mil

Portanto, para efetivar o cadastro, as prefeituras devem inserir os dados das famílias na página oficial do Auxílio Reconstrução. Posteriormente, essas informações passarão por análise, e o chefe da família deve confirmar os dados através do mesmo site. 

Após esta confirmação, a Caixa Econômica Federal realiza o depósito do valor em conta, garantindo rapidez e segurança no processo. Até agora, segundo dados do governo, cerca de 256,7 mil famílias de 115 municípios foram aprovadas para receberem o auxílio. 

Assim, deste total, 208 mil já validaram suas informações pessoais, e, 202 mil famílias já receberam o valor integral de R$ 5,1 mil em suas contas. Dessa forma, a previsão é de que até 375 mil famílias gaúchas recebam o benefício, com um desembolso total de aproximadamente R$ 1,9 bilhão pelo governo federal.

Pix de R$ 102: Conheça o guia completo para ganhar o novo auxílio
Imagem: Alexandre Tavares Silva / shutterstock.com

Como utilizar a quantia

Por fim, é importante destacar que a Medida Provisória nº 1.219/2024, que instituiu o Auxílio Reconstrução, não especifica critérios rígidos para a aplicação do recurso. Isso significa que os afetados têm a liberdade de utilizar o valor da maneira que julgarem mais apropriada para reconstruir suas vidas. 

Veja também:

Efeito Ozempic: Nestlé e Danone são ‘obrigadas’ a mudarem suas linhas de produtos

Assim, seja para reparos em suas residências, compra de móveis ou mesmo para suprir necessidades imediatas, o auxílio vem para oferecer um alívio nesse momento de recuperação. Portanto, à medida que o prazo final se aproxima, é fundamental que todas as prefeituras envolvidas intensifiquem seus esforços para garantir que nenhuma família elegível fique sem esse suporte vital.

Imagem: Alexandre Tavares Silva / shutterstock.com