Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caiu no golpe do Pix? Veja como recuperar o dinheiro perdido

Saiba mais sobre o que fazer caso você seja vítima do golpe do Pix e como tentar recuperar o dinheiro perdido!

O Pix transformou a forma como os brasileiros realizam transações financeiras, porém, também abriu espaço para golpes. Nesse sentido, diversas pessoas se perguntam: é possível reaver o valor em caso de fraude?

Dessa forma, saiba mais informações sobre o que fazer caso tenha sido vítima e como tentar recuperar o dinheiro. Continue a leitura para mais informações!

Entenda como reaver o dinheiro perdido via golpe do Pix

Golpe do Pix - como recuperar dinheiro perdido
Imagem: releon8211 / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

O Banco Central criou o Mecanismo Especial de Devolução (MED) para possibilitar a recuperação de valores em situações suspeitas como golpes ou erros operacionais com o Pix. Essa ferramenta é parte integral do sistema de transferências desde sua implementação, refletindo o compromisso com a segurança dos usuários.

Para solicitar a devolução de um Pix após um golpe, o primeiro passo é entrar em contato com o banco de onde o dinheiro pelo qual houve a transferência do dinheiro. Ademais, deve-se agir rapidamente, preferencialmente dentro de um prazo de 80 dias após a transação.

Após a solicitação, o banco do fraudador tem o dever de bloquear os fundos na conta destinatária enquanto há a investigação do caso, o que deve ser concluído em até sete dias.

O que acontece se não houver saldo na conta do fraudador?

Caso o fraudador não tenha saldo suficiente para a devolução integral do valor, o banco não é obrigado a completar o montante com seus próprios recursos. No entanto, continuará monitorando a conta do fraudador por até 90 dias, realizando devoluções parciais à medida que houver o depósito de novos fundos.

Veja também:

1° lote da restituição do Imposto de Renda será pago este mês; veja se vai receber

Aliás, para evitar cair em golpes do Pix, é crucial estar sempre atento. Confira abaixo algumas dicas essenciais:

  • Desconfie de promoções extremamente vantajosas ou preços muito abaixo do mercado;
  • Verifique cuidadosamente o nome do favorecido no app do banco antes de confirmar qualquer transação;
  • Confirme a identidade de conhecidos que solicitem dinheiro por mensagens, fazendo uma ligação direta antes de efetuar a transferência;
  • Ao fazer compras, certifique-se da confiabilidade do vendedor e da loja.

Por fim, se o MED não resolver o problema, ainda é possível buscar ajuda junto aos órgãos de defesa do consumidor, como o Procon, ou mesmo acionar a Justiça para a recuperação do valor após um golpe do Pix. Além disso, registrar uma reclamação no Banco Central pode ajudar na fiscalização e no controle das instituições financeiras quanto à prevenção de fraudes.

Imagem: releon8211 / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital