Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa inova para enfrentar apostas online: novos produtos chegam em breve

Descubra as estratégias da Caixa para manter o monopólio e os recursos para programas sociais, incluindo o retorno das raspadinhas.

Na recente audiência pública na Câmara dos Deputados, Lucíola Aor Vasconcelos, diretora-presidente da Caixa Loterias, trouxe à tona as estratégias em desenvolvimento pela empresa para revitalizar sua atuação no competitivo mercado de jogos brasileiros.

A dirigente enfatizou a possibilidade de relançamento de loterias instantâneas e a introdução de apostas de quota fixa, conhecidas popularmente como ‘bets’.

A Caixa Loterias, subsidiária criada em 2016 pela Caixa Econômica Federal, tem enfrentado desafios significativos diante da ascensão dos jogos virtuais e mudanças legislativas que flexibilizaram o monopólio federal sobre loterias. A movimentação estratégica em direção à inovação visa não apenas manter sua relevância, mas também expandir sua atuação.

Quais são os novos produtos da Caixa Loterias?

Celular mostrando logo da Mega-Sena. Ao fundo, logo das Loterias Caixa aparece desfocado.
Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com

Durante o encontro no legislativo, a representante da Caixa detalhou que o retorno da ‘raspadinha’, produto descontinuado em 2015, e a implementação das apostas de quota fixa devem revitalizar e diversificar o portfólio de opções para os apostadores.

Tais iniciativas visam proporcionar novas experiências de jogos imediatos e apostas com resultados baseados em eventos esportivos e outros acontecimentos.

Influência nos agentes lotéricos e estratégias para o fortalecimento do setor

As mudanças propostas pela Caixa Loterias também têm o potencial de influenciar positivamente os cerca de 13,3 mil agentes lotéricos espalhados pelo país.

A diretora-presidente ressaltou que as novidades poderiam melhorar o ambiente de negócios e as margens de lucro desses importantes intermediários.

Além disso, debates surgiram sobre a possibilidade de os lotéricos comercializarem jogos por meio de plataformas digitais próprias, ampliando assim seus canais de venda.

Desafios da privatização e impacto nos programas sociais

Outra questão crítica abordada foi a preocupação com uma possível privatização da Caixa Loterias. Legisladores como o deputado Tadeu Veneri expressaram inquietação com a perda do controle estatal, que poderia comprometer o financiamento de programas sociais atualmente beneficiados pelos lucros das loterias.

Em 2023, as loterias arrecadaram R$ 23,4 bilhões, dos quais R$ 9,2 bilhões foram destinados a essenciais programas do governo.

Veja também:

Você pode ter direito a saque de R$ 2,9 mil liberado pela Caixa; confira

Em resposta às preocupações, Lucíola afirmou que, por enquanto, não há planos para a desestatização e que a gestão da rede lotérica permanecerá sob o guarda-chuva da Caixa Econômica Federal, garantindo a continuidade do apoio às políticas públicas de bem-estar social.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com