Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa libera nova linha de crédito para capital de giro. Saiba como solicitar

A Caixa Econômica Federal liberou na segunda-feira (24) novas linhas de crédito para capital de giro com garantia do FIG (Fundo Garantidor para Investimentos). O crédito é liberado no âmbito do PEAC (Programa Emergencial de Acesso ao Crédito). O prazo total da operação pode ser de até 60 meses. A taxa de juros para as pequenas empresas é a partir de 0,63% ao mês. Entretanto, depende da garantia ofertada, com prazo de carência de 9 até 12 meses. A taxa de juros para as médias empresas é a partir de 0,53% ao mês. Saiba como funciona e como você pode solicitar para a sua empresa.

É provável que você também goste:

Bolsonaro suspende Renda Brasil enquanto não garantir valor maior que R$ 250

Ame e Rebel oferecem empréstimo pessoal de até R$ 30 mil com juros mais baixos

Auxílio emergencial poderá ser prorrogado enquanto durar o estado de calamidade pública no Brasil

Caixa libera nova linha de crédito para capital de giro. Como solicitar

Primeiramente, as novas linhas de crédito são destinadas às empresas com faturamento fiscal superior a R$ 360 mil e inferiores a R$ 300 milhões ao ano. Considerando a receita bruta apurada em 2019. Para grupos econômicos, é considerado o faturamento consolidado do grupo.

Os empresários poderão solicitar o crédito no valor mínimo de R$ 15 mil até o valor máximo de R$ 10 milhões. Ou seja, considerando a soma das operações contratadas com garantia do FGI para o mesmo CNPJ. O valor da contratação definido conforme a avaliação de crédito do cliente.

Como solicitar a linha de crédito de capital de giro na Caixa:

As pequenas empresas com faturamento fiscal anual inferior a R$ 30 milhões podem solicitar o crédito nas agências. Outra possibilidade é preencher um formulário no site CAIXA Com sua Empresa.

No caso das médias empresas, o cliente entra em contato diretamente com uma das agências empresariais. Basicamente, para coleta dos documentos e demais tramites de contratação.

As contratações podem ser feitas até o dia 31 de dezembro de 2020. Entretanto, elas podem ser prorrogadas caso haja alteração legal, ou na utilização do limite disponibilizado para a CAIXA no Programa.

A garantia é limitada a 80% do valor do crédito, mais o aval dos sócios. Todavia, é possível serem agregadas outras garantias adicionais. As empresas também contam com a isenção da Taxa de Abertura de Crédito (TAC).

Os recursos poderão ser utilizados:

  • para realizar investimentos
  • na aquisição de máquinas e equipamentos
  • despesas operacionais, como pagamento de salário de empregados, compra de matérias-primas, mercadorias, entre outros.

Enfim, gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Vergani Fotografia via shutterstock

Comentários
Carregando...