Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Carrefour vai liberar pagamento no dia 29 de novembro; veja se você pode receber

Grupo Carrefour anuncia pagamento único aos acionistas no próximo dia 29 de novembro. Veja quem receberá e quanto será o valor.

O acaba de anunciar, nesta segunda-feira (13), que realizará o pagamento de R$ 179 milhões no próximo dia 29 de novembro. O valor é referente aos juros sobre capital próprio (JCP) que terá como destino seus investidores.

Nesse sentido, o pagamento acontecerá aos acionistas, com o valor de R$ 0,084924093 por ação em circulação. Além disso, todas as acontecerão em um único dia, na proporção de cada um dos acionistas inclusos. Confira mais detalhes na matéria a seguir!

Carrefour registra milionário abaixo da média, apesar dos

Logotipo Carrefour em frente de loja.
Imagem: HJBC / shutterstock.com

O pagamento do JCP do Carrefour já havia sido decidida em reunião no dia 12 de junho deste ano. Mesmo assim, no terceiro trimestre de 2023, a reportou um lucro não muito animador. Ainda que esteja na casa dos milhões, há queda de 59,1% em relação ao mesmo período de 2022.

Veja também:

China impulsionou saída da Ford do Brasil? Entenda

No acumulado total do ano, o prejuízo da varejista é de R$ 230 milhões, depois de registrar lucro de R$ 1,3 bilhão no mesmo período de 2022. Ainda assim, nesta segunda-feira, após as informações, as estavam em , a R$ 10,75. Porém, no semestre, representa uma baixa de 6,65% e, no ano, uma queda de 35,26%.

Quem receberá o montante da empresa?

De com as informações, apenas os investidores que possuíam ações até o dia 15 de junho de 2023 receberão os rendimentos. Isso porque, a partir do dia 16 de junho, as ações já começaram a ser negociadas sem os dividendos.

Vale lembrar que o pagamento ações do Carrefour terá retenção de Imposto de na fonte, exceto para os acionistas que sejam, de alguma forma, imunes ou isentos. Nesse sentido, o valor terá retenção com alíquota de 15%, chegando em, aproximadamente, R$ 0,072165 por ação.

Por fim, o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) teve ajuste de -13,4% no ano, somando R$ 1,47 bilhão.

Imagem: HJBC / shutterstock.com