Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Carros mais vendidos do Brasil contam com desvalorização de até 19%, confira a lista

Os carros populares estão sofrendo um processo de desvalorização que tem se agravado. Confira, agora, mais detalhes sobre isso.

Um levantamento da consultoria automotiva KBB Brasil identificou que os 10 carros mais vendidos no país chegam a perder até 19% do seu valor após apenas um ano. O campeão de vendas, Fiat Strada, com emplacamento de mais de 120 mil unidades, teve uma desvalorização média de 16,06%.

Em contrapartida, outros modelos sofreram uma desvalorização menor, como o Volkswagen Polo, que registra a menor desvalorização em 2023. O valor médio de um novo chegava a R$ 92.190, em janeiro. Já em Dezembro, um seminovo custava, em média, R$ 90.788 – uma desvalorização de apenas 1,50%.

Veja, a seguir, mais detalhes sobre esse processo de desvalorização dos veículos. Veja também quais são os modelos que mais sofrem com a queda de seu valor de mercado.

Desvalorização dos carros: quem lidera o ranking?

Foto do modelo de carro Chevrolet Tracker em um fundo branco.
Imagem: Divulgação/ Chevrolet

No outro extremo do levantamento, o carro que mais perdeu valor em 2023 foi o Chevrolet Tracker, que apresentou uma depreciação de 19,08%. De acordo com os dados, 66.651 unidades foram vendidas no início do ano de 2023 custando em média R$ 134.382. Vale destacar, no entanto, que o valor médio do seminovo reduziu para R$ 108.730 em dezembro.

Além disso, o estudo também destacou a desvalorização de outros carros populares, como o Chevrolet Onix, que, mesmo apresentando 102.049 unidades de emplacamento, perdeu 16,07% de seu valor ao longo do ano.

Outros modelos que também sofreram desvalorização

Veja abaixo outros modelos de veículos que também sofreram desvalorização em 2023, de acordo com o levantamento da KBB Brasil:

  • Chevrolet Onix Plus: 74.898 emplacamentos, de R$ 104.493 para R$ 89.627, desvalorização de 14,22%;
  • Fiat Mobi: 73.433 emplacamentos, de R$ 70.693 para R$ 61.252, desvalorização de 13,35%;
  • Volkswagen T-Cross: 72.448 emplacamentos, de R$ 151.095 para R$ 131.873, desvalorização de 12,72%;
  • Hyundai Creta: 65.826 emplacamentos, de R$ 146.333 para R$ 129.160, desvalorização de 11,70%;
  • Fiat Argo: 66.720 emplacamentos, de R$ 86.583 para R$ 76.751, desvalorização de 11,35%;
  • Hyundai HB20: 88.909 emplacamentos, de R$ 96.701 para R$ 85.936, desvalorização de 11,10%.

Imagem: tawatchai07 / Freepik