Claro, Vivo, TIM e Oi terão que explicar megavazamento de dados à Senacon

Notícia de vazamento foi divulgada na quarta-feira (10) da semana passada

0

Um recentemente vazamento que atingiu mais de 100 milhões de números de celulares ganhou um novo episódio. Isso porque, nesta sexta-feira (12), a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) notificou a Claro, Vivo, TIM e Oi para dar explicações sobre o incidente. Dessa forma, as operadoras têm agora até quinze dias para se manifestar.

O ofício veio diretamente do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), que também é ligado à Senacon. Seu objetivo é descobrir quais informações foram expostas devido ao incidente e como aconteceu esse vazamento de dados. O site NeoFeed foi o primeiro a divulgar a informação, e o Estadão confirmou o fato.

É provável que você também goste:

Nubank deve reembolsar cliente que caiu em golpe com prejuízo superior a R$ 40 mil

10 dicas para aumentar o limite de R$ 50 no Nubank

Claro, Vivo, TIM e Oi terão afirmam que não identificaram vazamento de dados

Assim, de acordo com a Secretária Nacional do Consumidor, em entrevista à mídia, a Senacon está apurando todas as denúncias e atuando diretamente em todo os casos suspeitos e reportados. Essa manifestação da Senacon aconteceu logo após o vazamento que alcançou 102.828.814 telefones móveis se tornar público. Além dos números de celular, também foram expostos o tempo de duração de ligações e demais informações pessoais dos atingidos.

Uma das suspeitas é de que os dados tenham partido de grandes operadoras. Entretanto, em resposta sobre a notificação, as operadoras afirmaram à TV Globo e outros portais que estão colaborando com as autoridades e que não identificaram ocorrência de vazamento de dados.

ANPD também apura o vazamento de dados

Por fim, além da Senacon, a Agência Nacional de Proteção de Dados também se pronunciou sobre o caso. Nesta quinta-feira (11), a agência informou que está “apurando tecnicamente as informações sobre o incidente”. Em nota, a ANPD afirmou ainda que atuará para descobrir possíveis violações à lei, e também promover a responsabilização e punição dos envolvidos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: site/ freepick.com

Comentários
Carregando...