Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Data de conclusão do Open Banking é adiada pelo Banco Central

Veja o cronograma atual de implementação do Open Banking no Brasil.

0

A implantação do Open Banking no Brasil foi adiada em função de uma decisão conjunta do Conselho Monetário Nacional (CMN) e do Banco Central (BC). Agora, a integração de todas as fases do sistema de compartilhamento de dados, cuja conclusão estava prevista para 30 de agosto de 2021, será feita de maneira escalonada até 30 de setembro de 2022.

De acordo com Diogo Silva, chefe de Subunidade do Departamento de Regulação do BC, o principal motivo do adiamento foi a necessidade de testar o sistema de compartilhamento de dados. Segundo ele, as empresas querem conferir esse sistema antes de estar disponível para os consumidores

Já a segunda etapa do processo, prevista para entrar em vigor já no dia 15 de julho, foi adiada para 13 de agosto de 2021. Ou seja, os clientes que desejarem poderão autorizar o compartilhamento de informações cadastrais e de transações financeiras entre bancos e fintechs a partir desse dia.

Bruno Loiola, especialista em Digital Business e cofundador da Pluggy diz que existe a possibilidade de que o projeto brasileiro de Open Banking seja bastante limitado. De acordo com Loiola, isso pode impedir alguns dos objetivos do Banco Central no que diz respeito à promoção de competição, estímulo de inovações e melhora no sistema financeiro do país como um todo.

Segundo o executivo, grande parte das fintechs e de outras empresas que desejarem usar os dados do Open Banking, tal como ele está sendo implementado no Brasil, terão enormes obstáculos para acessar essas informações. Por esse motivo, Loiola defende o que ele chama de “Open Banking de Verdade”, ou seja, um sistema seguro, aberto, eficiente, democrático, evolutivo e que beneficie, principalmente, o co1nsumidor final.

Cronograma atual de implementação do Open Banking

Confira como ficou o cronograma de implementação do Open Banking no Brasil após as mudanças.

13 de agosto de 2021: Início da fase 2, com a troca de dados cadastrais e de transações entre as instituições.

30 de agosto de 2021: Início da fase 3, com o compartilhamento de serviços de transferências pelo PIX.

15 de dezembro de 2021: Início da fase 4, com a troca de informações entre as instituições sobre produtos financeiros como câmbio, investimentos, previdência e seguros.

15 de fevereiro de 2022: Compartilhamento de serviços de transferências entre contas do mesmo banco e TEDs

30 de março de 2022: Compartilhamento do envio de propostas de operações de crédito a clientes que aderirem ao Open Banking

31 de maio de 2022: Compartilhamento de dados de clientes sobre operações financeiras como câmbio, investimentos, previdência e seguros

30 de junho de 2022: Compartilhamento de serviços de pagamento por boleto

30 de setembro de 2022: Compartilhamento de serviços de débito em conta

Sobre a Pluggy

A Pluggy é uma fintech acelerada pelo LIFT LAB do Banco Central em 2020, que visa a democratização do acesso aos dados financeiros em todo território nacional, possibilitando que fintechs e corporações também participem do ecossistema Open Finance. Antenada no Open Banking, a Pluggy tem soluções para crédito, investimentos, bancos digitais, gestão financeira pessoal, ERPs e grandes varejistas.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Song_about_summer / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...