Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Conheça as novas regras para se aposentar no Brasil após a Reforma da Previdência

A reforma da previdência está em vigor desde novembro de 2019; saiba mais

Prestes a se aposentar? Conheça as novas regras para aposentadoria no Brasil após a Reforma da Previdência. As mudanças entraram em vigor ainda em 2019 e estabeleceram novas normas que seguem desconhecidas por muitos.

Com a reforma, regras de transição para trabalhadores vinculados ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foram estabelecidas para aqueles que ainda não atendiam aos requisitos para a aposentadoria. Desse modo, siga na leitura para saber mais sobre as novas normas.

Saiba mais sobre novas regras da aposentadoria estabelecidas pela Reforma da Previdência

valor da posentadoria
Imagem: gpointstudio/ Freepik

Conforme as regras anteriores à reforma da previdência, a média salarial utilizada para o cálculo da aposentadoria considerava 80% dos maiores salários recebidos entre julho de 1994 e o mês anterior à solicitação.

Com a reforma da previdência passando a valer a partir do dia 13 de novembro de 2019, a média a ser considerada para o cálculo da aposentadoria era referente a todos os salários de contribuição desde o ano de 1994 até o mês anterior à solicitação. Além disso, era realizada também a soma e a divisão pelo número total de meses de contribuição.

Veja também:

Aplicativo do PicPay pode substituir todos os outros apps e organizar suas finanças; entenda como

Novas regras de transição 

Com as mudanças promovidas pela regra de transição, a ideia é conciliar tempo de contribuição e idade.  Confira a seguir algumas das principais regras para o cálculo da aposentadoria:

  • Pedágio de 50%;
  • Pedágio de 100%;
  • Descarte de Contribuição para Ganhar Mais
  • Idade Progressiva;
  • Idade Mínima;
  • Cálculos e Redutores.

Cabe destacar que o INSS aplica redutores de 60%, acrescendo 2% por ano de contribuição para além do tempo mínimo. Assim, a aposentadoria é fixada em 20 anos de contribuição mínima para os homens e 15 anos para as mulheres. Para aposentadoria integral, a contribuição para homens é de 40 anos o tempo mínimo e 35 anos para as mulheres.

Imagem: gpointstudio/ Freepik