Contas do Caixa Tem estão sendo bloqueadas indevidamente porque hackers estão roubando auxílio emergencial

- Publicidade -

Contas do Caixa Tem estão sendo bloqueadas por roubos no auxílio. Criminosos estão roubando o dinheiro do auxílio emergencial de beneficiários de baixa renda pelo app Caixa Tem. Na última sexta-feira (17), a ação criminosa foi revelada pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Além disso, o crime está sendo investigado pelo banco em parceria com a Polícia Federal.

É provável que você também goste:

next do Bradesco cria ação para o Dia dos Pais com descontos de até 50% em grandes lojas do Brasil.

Pronampe expõe urgência de socorro a micro e pequenas empresas

- Publicidade -

Inter lança Conta Kids gratutia e com cartão de débito personalizado para auxiliar os filhos na relação com dinheiro.

Contas do Caixa Tem estão sendo bloqueadas por roubos no auxílio

“Alguns bandidos estão desviando dinheiro da população mais carente”, revelou Pedro Guimarães, nesta sexta-feira, logo após uma “reunião longa” da diretoria da Caixa com a Polícia Federal.

Ele ainda garantiu que o volume de desvios é pequeno se comparado com o universo de beneficiários do auxílio emergencial. Entretanto, ele reconheceu que, como o universo conta com mais de 65 milhões de brasileiros, as fraudes causaram “bastante barulho”.

Pedro Guimarães ainda disse que é por conta desse problema que o app Caixa Tem está apresentando algumas instabilidades nas últimas semanas. “Parte das questões, dos problemas do Caixa Tem, são porque identificamos contas utilizadas por hackers que estão fazendo bastante barulho. Não posso falar mais. Mas seremos extremamente firmes, porque roubar dinheiro do pobre em um momento de pandemia… Poucas coisas são mais graves do que isso”, disse Guimarães.

Além disso, segundo o executivo, a Caixa já bloqueou “algumas contas usadas por esses bandidos” e já “invadiu grupos de WhatsApp de hackers”. “Já temos bastante coisa e vamos passar para a Polícia Federal”, avisou. Ele ainda garantiu que “irá às últimas consequências em relação a isso”.

Outro reconhecimento do presidente da Caixa é de que algumas conta “de pessoas corretas e honestas” foram bloqueadas indevidamente nessa tentativa do banco de coibir os desvios dos R$ 600. Contudo, Guimarães garantiu que essas pessoas não serão prejudicadas.

“Algumas contas foram bloqueadas por suspeita de fraude. Em algumas, já verificamos que houve fraude sim. Mas as que não são fraude serão liberadas de novo. […] Sempre que for verificado isso, voltaremos e pagaremos”, prometeu.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha/Shutterstock.

- Publicidade -
Luiz Felipe Kesslerhttps://seucreditodigital.com.br/author/kessler/
Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Co-Fundador do site Seu Crédito Digital.
- Publicidade -

Últimas Notícias

FGTS pode liberar duas novas modalidades de saque em breve (saque-educação e saúde)

Está prestes a ser votado em Plenário um projeto que cria mais duas novas modalidades de saque no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo...

SPC/Serasa e Boa Vista são obrigados a retirar negativação após 5 anos?

Atualmente, existem 4 birôs de credito aqui no Brasil: SPC Brasil, Serasa Experian, Boa Vista e Quod. Cada um deles possui um banco de...

Nexoos lança aplicativo gratuito para investidores individuais (P2P)

A partir de agora, os investidores individuais (P2P) da Nexoos, a maior fintech de crédito para empresas, autorizada pelo BACEN como Instituição Financeira SEP, contam com...

Beneficiários do Bolsa Família vão ganhar o décimo terceiro e não falta muito, confira as datas

Há um tempo atrás, o pagamento do décimo terceiro para beneficiários do Bolsa Família foi confirmado pelo governo. Isso foi prometido em junho deste...
- Publicidade -