Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Corre para aproveitar! Hoje (20) é o último dia para aderir ao Desenrola Brasil

Hoje é o último dia para adesão ao Programa Desenrola Brasil. Aproveite a oportunidade para renegociar suas dívidas!

O programa Desenrola Brasil tem mostrado ser uma ferramenta crucial para milhões de brasileiros que buscam uma solução efetiva para suas pendências financeiras. Com prazos limitados e descontos significativos, o programa lança um novo alento para quem se encontra em situação de débitos acumulados.

Dessa forma, saiba mais informações sobre quem deve aderir ao programa até esta segunda-feira (20) para garantir melhores condições na renegociação de dívidas. Continue a leitura para mais detalhes!

Quem pode participar do Desenrola Brasil?

Logotipo do programa Desenrola Brasil sobre uma imagem desfocada de uma faixa de pedestres vista de cima, com muitas pessoas caminhando.
Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

Estão elegíveis para participar do programa pessoas que possuem dívidas de até R$ 20 mil, ganham até dois salários mínimos ou que estão registradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). A adesão deve ocorrer rapidamente, já que o prazo encerra hoje (20).

Até agora, cerca de 14,75 milhões de inscritos negociaram um total de R$ 51,7 bilhões, mostrando a eficácia e a abrangência do programa no auxílio à população endividada. Para se inscrever, clique no neste link oficial disponibilizado pelo Governo Federal para o Desenrola Brasil.

Como funciona a negociação de dívidas pelo Desenrola?

No âmbito do Desenrola Brasil, os inadimplentes encontram a possibilidade de obter até 83% de desconto sobre as dívidas, com potencial de abatimento superior a 96% dependendo da situação. Além disso, as condições de pagamento são facilitadas, possibilitando o parcelamento do débito em até 60 meses, sem necessidade de entrada.

Ademais, a grande vantagem é que ao renegociar as pendências por meio do programa, o cidadão consegue manter seus benefícios sociais. Ainda, também evita ter o nome incluído em listas de inadimplência.

Veja também:

Itaú prorroga benefício promocional para donos de cartão de crédito; veja como aproveitar

Uma particularidade do programa é que todas as dívidas renegociadas podem ter o monitoramento do próprio cidadão. Segundo o Ministério da Fazenda, essas negociações estão disponíveis no extrato emitido pelo Banco Central, garantindo transparência e controle pessoal sobre o progresso do pagamento.

Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital