Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Correios: 3 mil funcionários devem aderir ao Programa de Demissão Voluntária

Correios esperam adesão de 3 mil funcionários em programa de desligamento voluntário. Saiba quem pode participar e quais os benefícios

Nesta segunda-feira (1º), os Correios divulgaram recentemente a implementação de um novo Programa de Desligamento Voluntário (PDV), direcionado aos funcionários que contam com no mínimo 25 anos de serviço na empresa. Assim, esta é uma estratégia para renovar o quadro de funcionários e adequar a estrutura da estatal às novas demandas do mercado.

De acordo com informações da própria estatal, o objetivo é que cerca de três mil empregados optem pelo desligamento voluntário, proporcionando um rejuvenescimento da empresa e permitindo a entrada de novos talentos. 

Dessa forma, a adesão ao PDV deve ocorrer ainda neste ano, após a aprovação do calendário pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST/MGI).

Como funciona o Programa de Demissão Voluntária dos Correios

Em síntese, o PDV é uma medida administrativa adotada por empresas, principalmente estatais, para reduzir seu quadro de pessoal de maneira não coercitiva. No caso dos Correios, o programa contempla exclusivamente para aqueles que têm uma longa jornada na empresa, abrindo a oportunidade para que possam se retirar voluntariamente com benefícios.

No entanto, para ter direito ao PDV é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter no mínimo 55 anos de idade e no máximo 74 anos;
  • Possuir pelo menos 25 anos de efetivo exercício nos Correios;
  • Ter acumulado pelo menos 36 meses de remuneração nos últimos 60 meses.
Placa dos Correios na fachada de uma agência
Imagem: SERGIO V S RANGEL/ shutterstock.com

Benefícios do programa

Portanto, a medida é uma vantagem para os trabalhadores que buscam novas oportunidades ou desejam se aposentar, quanto para a empresa que busca eficiência e renovação em sua operacionalidade. Além disso, representa uma estratégia econômica para ajustar custos operacionais a longo prazo.

Veja também:

Prepare o bolso! Conta de luz passa a ter cobrança adicional

No entanto, embora a proposta pareça promissora, ela gera tanto expectativas quanto incertezas entre os empregados. A adesão ao programa é uma decisão significativa e, por isso, é esperado que os Correios ofereçam suporte e consultoria adequada aos seus empregados para que façam a melhor escolha possível.

Imagem: SERGIO V S RANGEL/ shutterstock.com