dados de clientes

Vazam dados de clientes da Tivit como a Caixa, Bradesco e Banco Original e outros. Ontem (8), uma publicação realizada no site de compartilhamento de texto Pastebin aponta para uma nova divulgação que se refere ao vazamento de dados da Tivit, multinacional brasileira que presta serviço de armazenamento de dados na nuvem e soluções digitais.

Leia mais:

PicPay Bloqueado? Entenda os motivos para o bloqueio de sua conta.

Truques para aumentar o limite do cartão Santander Free, o rival do Nubank.

Banco Inter vai pagar R$ 1,5 milhão por vazamento de dados em acordo.

Vazam dados de clientes da Tivit como Caixa, Bradesco e Banco Original

São mais de 30GB de arquivos que contam com dados dos clientes Bradesco, CEF, Votorantim Energia, Tecnisa, Zurich, Faber, Banco Original, CIP, Klabin e Açominas.

De acordo com o site Baguete, as informações vazadas incluem e-mails, contratos e senhas. No site Anonfile, entretanto, foram disponibilizados para download poucos arquivos, que servem como uma amostra do conteúdo completo.

A publicação no Pastebin também conta com links para o Mega, que supostamente possuem cerca de 20GB de arquivos. Mas que não se encontram mais ativos no momento.

Já em dezembro, a Tivit teve um acesso não autorizado a arquivos da companhia que resultou em um vazamento das credenciais de acesso de clientes como Braskem, Banco Original, Zurich, Votorantim, Sebrae, SAP, Brookfield Energia, entre outros.

Informações de credenciais de grandes empresas estavam no arquivo vazado. Ou seja, nome, usuário e senha de vários clientes que fecharam contrato de serviços de TI com a Tivit foram expostos.

A empresa, na época, afirmou que tomou as medidas necessárias para garantir a segurança das informações. E isso foi realizado tão logo o problema foi detectado.

Contudo, a empresa se manifestou reforçando que as informações publicadas ontem são provenientes do mesmo incidente de segurança que ocorreu e foi noticiado em dezembro de 2018.

Nota da Tivit

“A TIVIT comunica que as informações publicadas na data de hoje, 08.01.2019, são provenientes do mesmo incidente de segurança ocorrido e noticiado em dezembro de 2018. Trata-se, portanto, apenas de uma publicação de informações relacionadas ao incidente anterior. Os clientes envolvidos já foram notificados e as ações cabíveis foram tomadas em comum acordo com eles. Reforçamos que não houve nenhum tipo de invasão aos data centers da empresa, das redes de acesso da TIVIT ou de nossos clientes”

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhará notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fonte: BagueteDefconlab.

Sobre o autor Ver todos os posts Site

Luiz Felipe Kessler

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS.

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook