Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Desconto de 65% na conta de luz liberado; saiba como conseguir

Descubra como ter desconto em sua conta de luz em até 65% com a Tarifa Social de Energia Elétrica. Veja quem tem direito!

A conta de luz pode ser um grande peso no orçamento familiar, especialmente para quem tem um consumo alto de energia. Mas, você sabia que existe um programa do governo federal que pode te ajudar a reduzir esse gasto? A Tarifa Social de Energia Elétrica oferece descontos de até 65% na conta de luz para famílias de baixa renda.

Dessa forma, destinado a famílias de baixa renda, beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e famílias com membros que necessitem de aparelhos elétricos de uso continuado por razões médicas, este benefício é um alívio financeiro importante. Veja mais detalhes!

Quem tem direito ao desconto na conta de luz

Portanto, para ter direito ao desconto na conta de luz é preciso cumprir alguns pré-requisitos, sendo eles:

  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 706);
  • Famílias com renda total de até três salários mínimos (R$ 4.236) que tenham membros com deficiência e que dependam de equipamentos elétricos essenciais à saúde;
  • Idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
Na imagem, moedas empilhadas em formato de gráfico, uma lâmpada e, sobre a imagem, o símbolo de "visto", representando as mudanças para crédito no Brasil
Imagem: Daniele Mezzadri e HN Works / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

Como funciona a Tarifa Social de Energia Elétrica

Assim, os descontos por meio da Tarifa Social de Energia Elétrica ocorrem da seguinte forma:

  • Até 50 kWh/mês: 100% de desconto na conta de luz para famílias indígenas e quilombolas;
  • Até 30 kWh por mês: 65% de desconto na conta de luz para famílias de baixa renda;
  • De 31 kWh até 100 kWh por mês: 40% de desconto;
  • De 101 kWh até 220 kWh por mês: 10% de desconto.

Por fim, é importante destacar que desde janeiro de 2022, a adesão à Tarifa Social de Energia Elétrica tornou-se automática para os que atendem aos critérios e estão com os dados devidamente atualizados no CadÚnico. 

Veja também:

Quer comprar um carro? Veja 6 opções de usados que custam apenas R$ 10 mil

Portanto, não é necessário fazer um pedido formal à sua distribuidora de energia para começar a receber o desconto. Assim, a própria fornecedora é responsável por verificar os dados e aplicar os descontos correspondentes.

Imagem: Daniele Mezzadri e HN Works / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital