Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Desenrola para MEIs e pequenas empresas: bancos começam a oferecer dia 13

O Desenrola para MEIs e MPEs estará disponível a partir de 13 de maio. Saiba mais informações sobre seu funcionamento!

A partir do próximo dia 13 de maio, uma nova iniciativa promete auxiliar na renegociação de dívidas bancárias. Trata-se do programa Desenrola Pequenos Negócios, uma parceria entre os bancos associados à Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e diversas instituições financeiras.

Dessa forma, saiba mais informações sobre como essa medida que promete trazer facilidades e oportunidades de crescimento para esse segmento da economia. Continue a leitura!

O que é o Desenrola Pequenos Negócios?

Logotipo do programa Desenrola Brasil sobre uma imagem desfocada de uma faixa de pedestres vista de cima, com muitas pessoas caminhando.
Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

Este programa foi criado especificamente para auxiliar Microempreendedores Individuais (MEIs) e micro e pequenas empresas que possuem faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.

Sendo assim, o objetivo é oferecer condições especiais para a renegociação de dívidas, abrangendo débitos que não foram quitados até o dia 23 de janeiro de 2024.

Como participar do programa?

Para fazer parte do Desenrola Pequenos Negócios e buscar melhores condições de pagamento, os interessados devem entrar em contato com suas instituições financeiras pelos canais oficiais, sejam eles agências físicas, internet ou aplicativos móveis. Aliás, é importante ressaltar que as negociações envolverão diretamente os bancos credores e os empreendedores, sem intermediários.

Além de prazos estendidos, os bancos participantes do programa estão preparados para oferecer taxas de juros reduzidas, facilitando o pagamento das dívidas e permitindo que os negócios possam respirar financeiramente. Este movimento é crucial, especialmente considerando os desafios econômicos enfrentados por pequenas empresas no atual cenário brasileiro.

No entanto, é preciso ficar alerta no momento da renegociação. Entre alguns pontos de cuidado recomendados pela Febraban, estão:

  • Verificação: Confirme sempre se está negociando dentro dos canais oficiais do banco;
  • Propostas suspeitas: Rejeite ofertas que não estejam alinhadas com as práticas usuais do seu banco e reporte qualquer suspeita;
  • Segurança: Nunca realize pagamentos antecipados ou envie dinheiro com a promessa de obtenção de melhores condições de negociação.

Qual é o impacto esperado?

Segundo Isaac Sidney, presidente da Febraban, o programa chega em momento oportuno, permitindo uma injeção de recursos nas empresas que mais precisam.

Veja também:

Governador do Rio Grande do Sul diz que todo o dinheiro do Pix vai para as famílias

Por fim, ele observa que a iniciativa segue os passos de programas anteriores, como o Desenrola Brasil, que auxiliou milhões de brasileiros a renegociar cerca de R$ 50 bilhões em dívidas.

Imagem: Varavin88 / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital