Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Detran passa a emitir novo RG para todas as idades a partir de segunda (1º)

O Detran agora oferece a emissão do novo RG para todos os cidadãos, sem restrição de idade. Saiba como solicitar

A partir de segunda-feira (1º), o Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ) começará a emitir a Carteira de Identidade Nacional (CIN), conhecida como novo RG, para todos os cidadãos, independentemente da idade. Este novo modelo, que integra o CPF como único número de identificação, foi criado para aumentar a segurança e prevenir fraudes.

Desde o início de 2023, mais de 659 mil unidades foram expedidas de forma gradativa, considerando diferentes faixas etárias. Agora, essa restrição por idade não existe mais, facilitando o acesso ao documento para toda a população fluminense. Veja mais detalhes!

Como agendar a emissão do novo RG

Portanto, para a emissão do novo RG, é essencial realizar um agendamento prévio. Assim, o Detran-RJ disponibiliza vagas de segunda a sexta-feira, a partir das 8h, até o limite máximo diário. A marcação pode ocorrer tanto pelo site oficial quanto pelos telefones fornecidos pelo departamento.

Diferentes públicos, como idosos com 60 anos ou mais, lactantes, gestantes e pessoas com deficiência, estão isentos de agendamento prévio, embora essa facilitação não se estenda aos seus acompanhantes, exceto em casos específicos de lactantes.

Pessoa segurando o RG (Registro Geral) que acabou de ser emitido.
Imagem: Lucas Alesso / shutterstock.com

Documentos necessários

Assim, os interessados em obter o novo RG devem apresentar a certidão de nascimento e o número de inscrição no CPF. No entanto, para aqueles que ainda não possuem CPF, há possibilidade de inscrição através do site da Receita Federal ou nos pontos de atendimento de instituições conveniadas.

Enfim, o novo documento inclui várias funcionalidades para garantir a autenticidade e evitar ilegalidades, como QR Code e o código MRZ, usado também em passaportes. Esses elementos asseguram a verificação rápida e eficiente do documento em diversos pontos de controle, como aeroportos.

Veja também:

2° lote da restituição do Imposto de Renda é pago hoje (28); veja se vai cair na conta

Além da versão física, a CIN está disponível digitalmente através do aplicativo Gov.br (disponível para Android e iOS), facilitando ainda mais o acesso e uso cotidiano pelos cidadãos.

Imagem: Lucas Alesso / shutterstock.com