Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Devolução de Pix indevido deve ficar mais fácil em breve; confira

Banco Central anuncia mudanças no Pix para reduzir índice de devoluções indevidas. Veja como solicitar a devolução!

O Banco Central do Brasil (BC) anunciou mudanças no Mecanismo Especial de Devolução (MED) do Pix, ferramenta criada em 2021 para facilitar a devolução de dinheiro em caso de fraudes ou erros nas transações. A medida visa reduzir o alto índice de recusas de solicitações de devolução, que atualmente chega a 91%.

Dessa forma, o Banco Central permitirá o bloqueio de valores em contas que receberam dinheiro de forma indevida, mesmo que essas contas não sejam do titular da transação original. Assim, essa medida visa dificultar a transferência do dinheiro para outras contas, o que torna mais fácil a sua recuperação. Veja mais detalhes!

Devolução de Pix indevido

Além disso, o BC vai aumentar o rigor na análise das solicitações de devolução, exigindo mais provas e documentos do solicitante, reduzindo o número de pedidos fraudulentos. Adicionalmente, a autoridade monetária está trabalhando em novas medidas de segurança para o Pix, como a autenticação biométrica para transações de alto valor e a criação de um limite diário para devoluções.

Assim, a implementação do MED 2.0 está prevista para ocorrer no final de 2025, segundo a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). Essa mudança é uma forma de aumentar a segurança dos clientes em suas transações diárias. 

O cenário é otimista, já que as instituições estão trabalhando firmemente para garantir que os ajustes necessários ocorram com sucesso, proporcionando maior proteção e confiança para todos.

Celular com logo do Pix, ao fundo uma tela de laptop com logo do Banco Central
Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

Como solicitar a devolução

Por fim, confira o passo a passo para solicitar a devolução de Pix indevido:

  • Entre em contato com sua instituição financeira: O primeiro passo é entrar em contato com o seu banco ou fintech e informar que você foi vítima de uma fraude ou erro no Pix;
  • Forneça as informações da transação: Você precisará informar o valor da transação, a data e hora da transação, o CPF ou CNPJ do recebedor e o comprovante da transação;
  • Aguarde a análise do pedido: A instituição financeira analisará o seu pedido e, se constatado o erro ou fraude, devolverá o dinheiro para sua conta.

Dessa forma, o prazo para solicitar a devolução de um Pix indevido é de 80 dias a contar da data da transação. No entanto, se o seu pedido de devolução for recusado pela instituição financeira, você pode recorrer à Ouvidoria do Banco Central.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com