Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Em oito meses, fila do INSS cai pela metade; saiba mais

Redução de filas de perícias médicas do INSS graças a novas medidas eficazes, incluindo telemedicina e aumento de peritos

No espaço de apenas oito meses, houve uma redução considerável no número de pessoas aguardando perícias médicas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Assim, esse resultado é um reflexo direto das ações implementadas pelo Programa de Enfrentamento à Fila, uma iniciativa do Ministério da Previdência Social destinada a melhorar o atendimento aos segurados.

Em setembro do ano anterior, mais de um milhão de requerentes estavam na espera por agendamento de perícia. Contudo, segundo os dados mais recentes, esse número caiu para 636.911 pessoas no mês de maio. 

Dessa forma, uma análise mais detalhada revela uma melhoria na rapidez dos processamentos de solicitações. Já que a quantidade de pedidos de perícias presenciais teve uma leve redução, enquanto a eficácia na realização aumentou consideravelmente.

Medidas para a redução da fila do INSS

Uma série de medidas tomadas pelo Ministério da Previdência Social tem sido crucial. Entre elas, destacam-se o pagamento de incentivos financeiros para análises realizadas acima da capacidade operacional das agências e a nomeação de novos peritos médicos concursados, que permitiram não só a aceleração do processo.

Além disso, os mutirões de perícia médica têm sido uma ferramenta essencial, realizados em várias regiões onde a demanda é maior e o número de médicos é limitado. Assim, esse esforço concentrado tem contribuído para que muitos segurados recebam atendimento mais rapidamente.

Imagem da fachada no INSS Previdência Social
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Solução tecnológica

Além do aumento do pessoal e dos mutirões, o INSS implementou a utilização de telemedicina para a realização de perícias. Visando agilizar ainda mais o processo em locais com escassez de peritos. Assim, essa inovação permite que segurados realizem suas consultas à distância, sem a necessidade de deslocamentos demorados ou custosos.

Veja também:

Afinal, Ozempic tem cobertura em planos de saúde brasileiros?

Enfim, com essas iniciativas, o INSS e o Ministério da Previdência Social estão cada vez mais próximos de oferecer um serviço que atenda as necessidades dos segurados de forma eficaz e digna. Assim, respeitando os seus direitos e proporcionando respostas em tempos mais breves.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com