Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

CUIDADO: Empréstimos consignados podem ser solução para aposentados durante crise, mas há riscos

0

De acordo com o Banco Central (BACEN), nos primeiros 10 meses de 2019, a quantidade de dinheiro movimentado com os empréstimos consignados aumentou em 26%, se comparado com o mesmo período em 2018. Os valores registrados entre janeiro e outubro de 2019 foram de R$ 63,390 bilhões em 2019, em quanto que, no mesmo período desse ano, o total chegou a R$ 79,843 bilhões. Apesar das facilidades proporcionadas pelos empréstimos consignados, é preciso ficar atento para não se endividar.

É provável que você também goste:

Turbine seu score ganhando até 200 pontos e consiga crédito novamente

Caixa vai começar a pagar hoje o décimo terceiro do Bolsa Família, veja como receber.

Seja membro

Simule no mesmo lugar TODAS as opções de empréstimo pessoal, consignado e com garantia

O que são empréstimos consignados?

Primeiramente, o empréstimo consignado consiste naquela tipo de empréstimo cujas parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento do benefício. Sendo assim, trata-se de um empréstimo de menor risco para o banco ou financeira. Por ser um empréstimo com menor risco de inadimplência, seus juros, portanto, tendem a ser menores. No empréstimo comum, os juros do empréstimo consignado estão limitados a 2,08% ao mês; enquanto que, no cartão de crédito, o limite dos juros é de 3% ao mês. Consequentemente, muitos segurados do INSS buscam essa modalidade de crédito.

Além dessas regras, há também limites determinados pelo governo em relação ao percentual que pode ser obter de empréstimo, que é de até 35% da aposentadoria. Desses 35%, 30% é para o empréstimo e 5% para o cartão de crédito.

Consignado pode levar ao endividamento

Devido ao fato de ser uma modalidade de empréstimo mais barata e de fácil contratação, muita gente tem se endividado por causa do empréstimo consignado. Segundo dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), os empréstimos com bancos e financeiras são o principal motivo de inadimplência no Brasil. De acordo com pesquisa divulgada em novembro, de cada 10 usuários do crédito consignado, 7 possuem restrição no nome.

A dica para o aposentado ou pensionista evitar a inadimplência, reduzir seu score de crédito e ficar com o nome sujo no mercado é importante, principalmente, prestar atenção a todas as regras antes de assinar o contrato e verificar se os valores das parcelas são compatíveis com sua capacidade de pagamento. Tente negociar ao máximo para obter juros e parcelas menores.

Além disso, é necessário ter muito cuidado com eventuais golpes no mercado, portanto recomendamos não fechar empréstimos consignados por telefone. Caso você desconfie de alguma irregularidade, denuncie no banco ou procure os órgãos de defesa do consumidor, como o Procon.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: Shutterstock

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.