Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Enjoei cobra taxa menor de quem vende produtos acima de R$ 200

Confira as novas taxas cobradas pela plataforma de e-commerce Enjoei.

0

A plataforma de e-commerce Enjoei vende roupas, móveis, eletrodomésticos, celulares, PCs, câmeras, videogames, entre outros produtos. A empresa está listada na bolsa de valores B3 e atualmente vale R$ 2 bilhões. De forma a continuar crescendo, o Enjoei alterou suas taxas cobradas dos vendedores. Assim, quanto mais caro o produto, menor é a taxa. 

Enjoei cobra taxa menor de quem vende produtos acima de R$ 200

Uma das grandes vantagens desse marketplace é que os vendedores costumam vender seus produtos de forma rápida. No entanto, o Enjoei cobrava taxas altas para isso. E o cálculo era bem confuso: dependendo do valor do produto, o vendedor pagava entre 18,5% e 20% de comissão. Além disso, havia uma taxa fixa que podia chegar a R$ 13, além da coparticipação no frete que era de até R$ 10.

Na última semana, o Enjoei anunciou uma simplificação em suas taxas. Agora, o percentual de comissão é de 13%, independentemente do valor da mercadoria. Além disso, a coparticipação do frete foi retirada e há uma nova escala de taxas fixas. Em vendas de até R$ 15, o site cobra a taxa de R$ 2,50. Já em vendas entre R$ 16 e R$ 50, há uma taxa de R$ 5,50. Vendas entre R$ 51 e R$ 70 dão à plataforma uma taxa de R$ 7,50.

Produtos vendidos entre R$ 71 e R$ 100 têm taxa de R$ 8,50, enquanto a taxa de R$ 13,50 aplica-se aos itens vendidos com valor entre R$ 101 e R$ 150. Já os produtos com preço entre R$ 151 e R$ 300 têm um custo ao vendedor de R$ 22,50. Por fim, para produtos entre R$ 301 e R$ 500, a taxa é de R$ 25, enquanto que em vendas acima de R$ 500 é de R$ 27,50.

Comissão mais barata

Em suma, o vendedor do Enjoei vai pagar comissões timidamente mais baixas ao vender produtos entre R$ 70 e R$ 150. Entretanto, na venda de produtos acima de R$ 200, a taxa vai ser ainda menor. A partir dessa nova prática de cobrança, o Enjoei fica um pouco mais perto de plataformas como o Mercado Livre, que tem taxas de 11% a 19%, mais R$ 5 por unidade em produtos abaixo de R$ 79.

Ademais, o Enjoei tem parcerias com diversas marcas importantes, como a Disney, a Michael Kors, o Emporio Armani e a Fossil. Apesar disso, o Enjoei ainda mantém usuários que fazem vendas eventualmente. Assim, as novas taxas podem auxiliar a empresa a atrair mais vendedores.

Em suma, o volume de vendas dobrou no 1º trimestre de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020, chegando a um total de R$ 172 milhões. Contudo, desse total, a empresa pega em torno de 25% por meio da cobrança de taxas e serviços. Mesmo assim, o Enjoei ainda perde dinheiro: em 2020, o prejuízo chegou a R$ 31 milhões. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Postmodern Studio / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...