Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Confusão na Estrada: Farol Alto ou Baixo? Veja as Novas Regras e Evite Multa de R$ 130

Com as celebrações de Carnaval batendo à porta, muitos motoristas voltam seus planos para viagens longas pelas estradas brasileiras. Nesse contexto, surge uma dúvida que persiste mesmo após quase três anos de mudança na legislação: quando é obrigatório rodar com os faróis acesos?

A norma acerca dessa questão sofreu alterações em abril de 2021, através da Lei 14.071/2020, conhecida popularmente como “Lei do Farol”. Apesar disso, muitos condutores ainda possuem dúvidas sobre em quais situações a luz do carro deve estar ligada.

Quando acender os faróis?

De acordo com o atual regulamento, o uso de faróis baixos durante o dia só é obrigatório em rodovias de pista simples localizadas fora de perímetros urbanos. Isso implica que nas estradas onde não há separação física entre as pistas de sentido diferente (canteiro, guard-rail ou muro), o acendimento dos faróis é pré-requisito.

Assim, motoristas que trafegam por rodovias como Dutra, Castello Branco, Imigrantes, Ayrton Senna, Bandeirantes e Anhanguera, por exemplo, estão dispensados de utilizar os faróis baixos durante o dia. Já em estradas vicinais, comumente utilizadas para acessar propriedades rurais, o uso das luzes durante o dia é compulsório.

Veículos modernos e a regra dos faróis diurna (DRL)

A lei ainda prevê um caso especial para os veículos mais modernos. Estes, equipados com luz de condução diurna, conhecida pela sigla DRL, estão isentos de acender os faróis durante o dia, inclusive em estradas de pista simples.

No entanto, isso não desobriga o uso de farol baixo à noite. Nessas circunstâncias, todos os tipos de veículos, incluindo os com DRL, devem acender suas luzes, independentemente da via em que estejam transitando.

Aqueles que não respeitarem as condições de uso dos faróis baixos nas quais eles são obrigatórios estarão cometendo uma infração média, que implica multa de R$ 130,16 e a anotação de 4 pontos no prontuário do condutor.

Sinalização de segurança sempre ao alcance

Vale destacar que mesmo não sendo mais obrigatório, acender os faróis baixos durante o dia ainda é uma prática que contribui para uma maior segurança no trânsito.

Portanto, se você optar por dirigir com os faróis acesos em qualquer via, esteja tranquilo, desde que o facho de luz esteja bem regulado para que não ofusque a visão do condutor de sentido oposto. Mantenha a segurança e a cordialidade no trânsito. Assim, as estradas tornam-se um espaço cada vez mais seguro para todos que nelas transitam, não importa o destino final.

Imagem: sirtravelalot / shutterstock.com