A notícia surgiu em diversos sites e blogs no final de setembro deste ano. Ela viralizou no WhatsApp também. Segundo o texto, que vem acompanhando de uma foto de um homem dentro de automóvel de luxo branco no valor de meio milhão de reais. O homem seria um dos 49 assessores do PT que ganharam o prêmio de 120 milhões da Mega-Sena e teria comprado o carro 3 dias antes de saber o resultado do sorteio.

Antes de tudo, conheça o nosso site:

Farsa na Mega-Sena? Assessor do Partido dos Trabalhadores comprou carro de luxo antes do resultado?

É provável que você também goste:

Conheça 5 bons cartões de crédito sem consulta ao SPC e Serasa.

3 dicas para acumular mais pontos no Nubank Rewards e apagar mais compras.

Banco Digimais agora oferece cartão de crédito sem anuidade, aceita negativados e sem comprovação de renda.

Miquéias Mendonça teria 50 anos de idade e é assessor do PT desde 2013, sendo que o seu salário é de R$ 3.000 mensais. O que é incompatível com o valor do carro que ele teria comprado mesmo antes de saber que iria ficar milionário.

Mas afinal, é verdade ou mentira a farsa na Mega-Sena em que o assessor do PT comprou um carro de luxo antes do resultado?

No dia 19 de setembro de 2019, um grupo de assessores do Partido dos Trabalhadores passou horas trancados em uma sala de reunião para comemorar o prêmio de R$ 120 milhões repartido em 49 partes?

Confira o texto que está circulando no WhatsApp:

O texto acompanha a foto de homem no veículo de luxo em publicações feitas no WhatsApp

Imagem: E-Farsas.

“A CASA CAIU!!! FRAUDE NA MEGA-SENA Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes do sorteio milionário Um dos assessores do PT que ganhou no bolão da Mega-Sena desta semana, comprou um carro de luxo de R$650 mil 3 dias antes do sorteio do prêmio. O mais curioso, é que o salário dele como assessor do partido é de apenas R$3.000, valor absurdamente incompatível com o preço do carro que comprou. A Polícia Federal precisa agir imediatamente!”

Segundo o site E-farsas, a foto do homem no automóvel trata-se, na verdade, de Marcelo Sixto Scheavenin, ex-empresário preso junto com a esposa em abril deste ano. Eles foram acusados de comercializar veículos de luxo e não repassar o dinheiro aos proprietários dos automóveis. O casal foi indiciado por estelionato e apropriação indébita majorada.

Portanto, a notícia de que um assessor teria comprado um carro de luxo 3 dias antes de ganhar na Mega Sena é falsa.

Enfim, gostou da notícia sobre a Mega-Sena?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Por fim, acompanhe os nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Fonte: E-Farsas.

Sobre o Autor

Luiz Felipe Kessler

Cofundador

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos