Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Fui convocado para ser mesário e não fui, o que pode acontecer?

Não comparecer como mesário convocado pode resultar em multa e restrições, como impossibilidade de obter passaporte ou tomar posse em concurso público.

Ser convocado para ser mesário nas eleições é um dever cívico importante no Brasil, contribuindo para a democracia e o bom andamento do processo eleitoral. No entanto, muitos cidadãos convocados não comparecem ao posto de mesário, seja por desconhecimento das consequências, dificuldades pessoais, ou outras razões.

Este texto visa esclarecer o que pode acontecer caso você seja convocado para ser mesário e não compareça. Confira a seguir!

Como saber se fui convocado para ser mesário nas eleições?

o app e-título permite justificar a ausência no 2º turno das eleições
Prazo final de justificativa vai até segunda (9) | Reprodução/TSE

A responsabilidade de convocar os eleitores para serem mesários é do juiz eleitoral da zona em que o eleitor está inscrito. Este é um papel fundamental para garantir que as eleições ocorram de forma organizada e eficaz, sendo um dever cívico de grande importância.

A notificação de convocação é enviada diretamente pela Justiça Eleitoral. Se você se cadastrou no Portal do Mesário, fique atento ao seu e-mail e outras formas de comunicação que você forneceu. Essa prática garante que todos os detalhes necessários sobre o dia da eleição e treinamentos sejam claramente comunicados.

É necessário atender à convocação para ser mesário?

Sim, a presença é obrigatória. Caso haja algum impedimento sério, como questões de saúde, o convocado deve apresentar uma solicitação de dispensa diretamente ao juiz eleitoral responsável, no prazo máximo de cinco dias após tomar ciência da convocação.

Veja também:

Como quitar suas dívidas: saiba como ter uma vida com liberdade financeira

A Justiça Eleitoral avaliará os motivos e poderá aceitar ou não a dispensa.

O que fazer se não puder comparecer?

Se você não puder comparecer para ser mesário nas Eleições, siga estas orientações:

  • Ausência no dia da eleição: Apresente uma justificativa ao cartório eleitoral da sua zona em até 30 dias após o pleito. Documentos como atestados médicos podem ser necessários;
  • Abandono de função durante o pleito: Caso abandone a função de mesário, justifique sua ausência em até três dias para evitar possíveis penalidades.

Consequências da ausência como mesário

Se você foi convocado para ser mesário e não compareceu sem justificativa adequada, algumas consequências podem ocorrer:

  1. Multas: Você pode estar sujeito ao pagamento de multa, conforme previsto na legislação eleitoral brasileira. O valor pode variar de acordo com a zona eleitoral e a situação específica;
  2. Restrições: Pode haver restrições no exercício de certos direitos civis enquanto a situação não for regularizada, como obter passaporte, inscrever-se em concursos públicos, entre outros;
  3. Complicações legais: A ausência sem justificativa pode acarretar complicações legais, especialmente se não houver uma regularização posterior junto à Justiça Eleitoral.

Conhecer seus direitos e deveres como mesário não apenas o protege, mas também contribui para o sucesso do processo eleitoral brasileiro. Fique atento às convocações e participe ativamente da democracia do país.

Imagem: Thomaz Silva / Agência Brasil