Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa alerta sobre golpes da prova de vida do INSS

Veja alguns dos golpes mais comuns e não caia nessa!

0

Os 6,1 milhões de aposentados e pensionistas do INSS estão entre as principais vítimas de golpistas. Isso porque agora muitas dessas pessoas tem um canal exclusivo para tirar dúvidas, podendo fazer a prova de vida diretamente pelo telefone. Entretanto, criminosos têm se aproveitado dessa funcionalidade para aplicar golpes em beneficiários.

Pensando nisso, o Instituto Nacional do Seguro Social decidiu alertar seus beneficiários sobre golpes recentes feitos por meio de ligações pedindo para que os aposentados façam a prova de vida online, em razão da pandemia do novo coronavírus. Saiba mais a seguir!

É provável que você goste também:

Abono PIS/Pasep não será pago aos trabalhadores este ano

Cupom de desconto x cashback: Qual é melhor?

Descubra as duas melhores lojas para ganhar cashback

Caixa alerta sobre golpes da prova de vida do INSS

Dessa forma, durante as chamadas, os criminosos solicitam os dados pessoais da vítima e enviam uma mensagem, por WhatsApp, pedindo para que o aposentado mande uma foto de um documento para finalizar o processo. Em nota, o INSS alerta a todos para que, caso recebam esse tipo de ligação, desliguem o telefone e não forneçam nenhuma informação. “O INSS não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida”, declara.

De acordo com o INSS, os golpes começaram a ser aplicados principalmente com a ampliação da prova de vida por meio de biometria facial, que é realizada pelo aplicativo. Contudo, o INSS apenas entra em contato com aposentados e beneficiários em situações específicas, e somente para informar a respeito de procedimentos, andamento de requerimentos ou realizar reagendamentos.

Confira outros tipos de golpes e previna-se

Por fim, é preciso saber que em nenhum momento o órgão ligará para você solicitando qualquer tipo de informação, como CPF, nome da mãe ou senhas. “O segurado pode receber um e-mail, um SMS, uma carta ou ligação do INSS. E sempre por meio dos canais oficiais de atendimento: Meu INSS, Central de Atendimento 135, ou SMS identificado como 280-41”, afirma o INSS.

Além disso, nunca clique em links enviados em nome da Caixa por e-mail, SMS ou WhatsApp e nem informe seus dados ou os dados do cartão por telefone. As verdadeiras centrais de segurança dos cartões podem entrar em contato com você para confirmar transações, mas nunca pedem senha ou o número completo do cartão; podem ser solicitados apenas alguns dígitos.

Outro golpe comum é do motoboy. Nesse caso, o fraudador liga para a vítima dizendo que seu cartão foi clonado e pede que ligue para o 0800 do cartão, mas não desliga o telefone e se faz passar pelo banco. Em seguida, ele solicita os dados, inclusive a senha, recomenda que o cartão seja cortado ao meio e diz que um motoboy irá buscá-lo. Ao cortar o cartão ao meio, o chip não é danificado. Então, caso precise jogar fora um cartão, destrua-o completamente, cortando seu chip ao meio.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: CameraCraft / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...