Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsonaro diz que governadores que fecham comércio deveriam bancar auxílio emergencial

Mesmo após anúncio, governadores mantêm medidas de isolamento

0

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (26) que governadores que decidirem fechar comércio deveriam bancar o Auxílio Emergencial. Assim, Bolsonaro deixou claro que pensa que o governador que adotar as medidas de restrição de atividades solicitadas neste momento é quem deveria bancar o benefício. O anúncio foi feito em meio ao aumento número de casos e mortes por covid-19 no país.

“O auxílio emergencial vem por mais alguns meses. E daqui para frente, o governador que fechar seu estado, o governador que destroi emprego, ele é que deve bancar o auxílio emergencial. Não pode continuar fazendo política e jogar no colo do presidente da República essa responsabilidade”, disse o presidente após visita à duplicação da BR-222, em Fortaleza. As informações são do jornal O Globo.

É provável que você também goste:

Equipe econômica quer definir auxílio emergencial no valor de R$ 250

Cartões Sicoobcard oferecem benefícios em viagens, como seguro viagem

Bolsonaro diz que governadores devem bancar auxílio emergencial

Além disso, na véspera do anúncio, durante transmissão pelas redes sociais, Bolsonaro já havia dito que as pessoas deveriam cobrar o auxílio emergencial dos gestores de sua região. A retomada do auxílio emergencial, segundo disse o presidente na transmissão, deverá ocorrer a partir de março e terá quatro parcelas de 250 reais.

Já em outro evento realizado no Ceará, Bolsonaro também criticou a imposição de medidas por governadores e prefeitos para restringir a circulação de pessoas, a fim de conter a propagação do coronavírus. Hoje, especialistas concordam que o Brasil atravessa o pior momento da pandemia. Além disso, as declarações do presidente ocorreram um dia após o Brasil superar a marca de 250 mil mortes por Covid, confirmadas pelo Ministério da Saúde.

Mesmo após anúncio, governadores mantêm medidas de isolamento

Por fim, mesmo com as declarações de Bolsonaro, alguns governadores seguiram anunciando a imposição de medidas restritivas mais firmes neste momento. Especialmente em relação à circulação de pessoas em espaços públicos. Entre eles, estão os governantes de São Paulo, Bahia e Santa Catarina. Além disso, o governador do Rio Grande do Sul anunciou estado de bandeira preta em todo o Estado, durante 9 dias. A expectativa é tentar conter o avanço da pandemia, que voltou a se agravar nos últimos dois meses.

Enfim, gostou da notícia sobre o Auxílio Emergencial?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital o YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Celso Pupo/shutterstock.com

Comentários
Carregando...