Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Prepare o bolso! Nova bandeira de tarifa elétrica aumenta ainda mais a conta de luz

A nova bandeira entra em vigor a partir de setembro e deve durar até 30 de abril de 2022

0

Não está fácil a vida do brasileiro! Se já não bastasse os altos custos de vida, dos alimentos, do combustível e do gás de cozinha, a energia elétrica é outro rombo no bolso do consumidor. E vai piorar! De acordo com o anúncio da Aneel nesta terça-feira (31), foi criada uma nova bandeira para a conta de luz, a “bandeira tarifária da escassez hídrica”. Em suma, ela cobra uma taxa de R$ 14,20 a cada 100 kWh e deve entrar em vigor a partir desta quarta-feira (01).E para piorar: a bandeira deve vigorar até 30 de abril de 2022. 

Governo lança nova bandeira de tarifa elétrica, com preço 50% mais caro

O novo valor eleva a tarifa em 49,63%. Ou seja, R$ 4,71 a mais que a atual bandeira vermelha patamar 2, que custa R$ 9,49 por 100 kWh. Vale ressaltar que no fim de junho, o valor da bandeira vermelha patamar 2 já tinha subido 52%. Em suma, as bandeiras tarifárias são independentes da tarifa de energia, e somadas ao valor da conta dependendo das condições de geração de energia no setor elétrico. Assim, quando o cenário é favorável, não há acréscimo (bandeira verde). 

A partir da criação da nova bandeira, a conta de luz em agosto para 100 kWh consumidos era assim: R$ 60 + R$ 9,49 (bandeira vermelha patamar 2) = R$ 69,49. Por outro lado, a conta de luz a partir de setembro a cada 100 kWh vai ficar assim: R$ 60 + R$ 14,20 (bandeira de escassez hídrica) = R$ 74,20. Diante disso, nesse exemplo, a diferença das contas é de R$ 4,71 ou 6,78%. 

A intenção da bandeira tarifária é pagar o uso de usinas termelétricas, que têm custo mais alto. As termelétricas estão sendo usadas por causa da seca que reduz o reservatório de hidrelétricas, e prejudica geração de energia. Atualmente, o país vive a pior crise hídrica em 90 anos. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Sashkin / shutterstock.com

Seja membro

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.