Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo lança programa que destina imóveis abandonados da União para moradia popular

Em medida recente, o governo lançou um programa que destina imóveis abandonados para democratização da moradia. Clique para saber mais!

O presidente Lula lançou, na última segunda-feira (26), o Programa de Democratização dos Imóveis da União. O projeto tem o intuito de destinar ao menos 483 imóveis abandonados ou inutilizados do governo federal para a moradia popular e a realização de obras de interesse público.

Além disso, outros 500 imóveis estão em análise para possível destinação em aproximadamente 200 municípios, com foco nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco e Pará.

Os interessados em adquirir esses espaços já podem realizar suas solicitações por meio da Secretaria do Patrimônio da União. O evento de lançamento ocorreu nesta terça-feira e contou com a presença da ministra Esther Dweck, responsável pelo projeto. 

Imóveis abandonados serão destinados a projetos nas áreas de educação, saúde e lazer

Imagem de uma pessoa calculando algo, utilizando uma calculadora. Ainda sobre a mesa, se encontram uma casa em miniatura e moedas.
Imagem: Andrey Popov / Shutterstock.com

O projeto prevê a destinação de imóveis para a implementação de projetos que visam não só a moradia popular, mas também educação, saúde e lazer. Durante o evento, a ministra anunciou a destinação imediata de quatro imóveis da União. Eles estão localizados na Bahia e no Rio de Janeiro:

  • Um espaço para a ser destinado para a construção de uma escola estadual, em Amargosa (BA);
  • Aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, que se encontra desativado, em Vitória da Conquista (BA);
  • A antiga Estação Leopoldina (RJ);
  • A regularização da Ocupação Vito Giannotti (RJ).

Dos imóveis que estão atualmente em fase de análise, 68 devem sofrer destinação à criação de parques e instalações culturais. Além disso, outros 49 devem servir para a construção de escolas, universidades e institutos federais.

Projeções futuras

Segundo as estimativas do governo federal, a destinação dos imóveis deve chegar à conclusão até o ano de 2026. 

Veja também:

Saque calamidade do FGTS de R$ 6.210 LIBERADO! Confira se você tem direito

Com o Programa de Democratização dos Imóveis da União, espera-se contribuir para a melhora das condições habitacionais de parte da população brasileira. Além disso, pretende-se impulsionar projetos na área de educação, saúde e lazer.

Imagem: Alexander Raths / shutterstock.com