Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo planeja realizar 800 mil perícias em benefícios este ano para reduzir gastos bilionários

O governo brasileiro planeja 800 mil perícias em benefícios para reduzir gastos públicos e combater fraudes. Saiba mais!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) planeja realizar 800 mil perícias presenciais. Logo, ela ocorrerá em auxílios como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o Benefício por Incapacidade Temporária, anteriormente conhecido como auxílio-doença.

Dessa forma, segundo as informações apuradas pela CNN, o órgão previdenciário prevê um controle mais efetivo dos pagamentos, com uma possível economia de R$ 600 milhões mensais. Isso sugere que, até o final do ano, a redução de despesas pode alcançar R$ 7,2 bilhões. Continue a leitura para mais informações!

INSS planeja realizar perícias presenciais em 800 mil benefícios

Mão segurando notas de dinheiro de benefícios do governo
Imagem: Alison Nunes Calazans / shutterstock.com

A revisão regular dos benefícios, a qual, por lei, deveria ocorrer a cada dois anos, vem sendo deficitária. O presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, destacou à CNN essa falha e ressaltou que as perícias são essenciais não somente para corrigir irregularidades, mas também para manter o equilíbrio das contas públicas.

Assim, essas medidas são consideradas vitais para a redistribuição de renda e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos mais vulneráveis.

Ademais, o BPC é essencial para idosos e pessoas com deficiência economicamente vulneráveis. Proporciona a eles um meio de subsistência e representa uma importante ferramenta de inclusão social. Ao circular na economia, o dinheiro desse benefício também fomenta o comércio e a geração de empregos, criando um ciclo benéfico para a economia como um todo.

Desafios futuros na gestão dos auxílios

Além de melhorar o processo de perícia, o governo pondera mudanças estruturais no BPC para o próximo ano. Embora haja discussões sobre desvincular o ajuste do benefício do salário mínimo, o presidente do INSS expressou confiança na criatividade do governo para implementar cortes necessários sem prejudicar os dependentes desses fundos.

Veja também:

PL que amplia importante benefício é aprovado no Senado; saiba mais

A inovação, portanto, vai se mostrar essencial na busca por soluções que equilibrem as necessidades fiscais com as sociais.

Imagem: Alison Nunes Calazans / shutterstock.com