Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS anuncia grande novidade no atendimento; confira

INSS anuncia nova medida para melhorar o atendimento aos beneficiários. Confira as mudanças e como elas impactarão o serviço prestado.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está avançando em uma nova e inovadora iniciativa com o objetivo de aprimorar o atendimento às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Em uma parceria entre os ministérios dos Direitos Humanos e da Previdência Social, está sendo lançado o projeto das salas sensoriais em 15 agências do instituto em todo o país. Essa ação é direcionada especialmente para os locais com maior concentração de beneficiários autistas do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Salas sensoriais: um novo paradigma no atendimento no INSS

Celular com logo do INSS e elementos como calculadora, notas de dinheiro e caneta em volta
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Neste contexto, as agências do INSS estão se preparando para oferecer um ambiente mais acolhedor e adaptado às necessidades específicas das pessoas com TEA.

As salas sensoriais, que estão sendo instaladas, são espaços especialmente projetados e equipados com elementos sensoriais, como brinquedos, livros e iluminação regulável. Essas adaptações têm como propósito proporcionar um atendimento mais inclusivo e sensível às particularidades desses indivíduos.

Kits itinerantes: uma ferramenta de apoio ao atendimento personalizado

Além da configuração física das salas adaptadas, o projeto inclui a distribuição de cerca de 800 conjuntos itinerantes. Esses kits contêm produtos lúdicos e interativos destinados às equipes de Serviço Social do INSS em todo o país.

O objetivo desses recursos é auxiliar os profissionais no atendimento personalizado e na criação de vínculos mais empáticos com as pessoas com TEA e suas famílias.

Transtorno do Espectro Autista (TEA) e o direito ao BPC

indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) podem solicitar o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para tal, o próprio interessado ou seu representante legal pode contatar diretamente os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) vinculados às prefeituras, buscando realizar o cadastro.

Veja também:

Governo de SP deve lançar loteria estadual em breve; saiba mais

Em seguida, é imprescindível procurar atendimento nas agências da Previdência Social ou utilizar os diversos canais disponíveis do INSS, tais como a Central 135, o site oficial ou o aplicativo Meu INSS. O cumprimento adequado dos procedimentos e a apresentação da documentação requerida são passos cruciais para assegurar o acesso ao benefício.

Imagem: SERGIO V S RANGEL / Shutterstock.com