Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Crédito mais barato: isenção de IOF até o final do ano deve facilitar empréstimos

0

Desde a última terça-feira (15) até o fim de 2020, os brasileiros já podem conseguir crédito de forma mais barata. Afinal, durante esse período, a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre essas operações está voltando a valer. A princípio, a alíquota era de 3%, mas foi zerada em abril deste ano. 

Essa foi uma das formas encontradas para amenizar os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus na economia brasileira. A medida valeria apenas durante três meses, mas o governo decidiu prorrogá-la. Agora, o seu prazo vale até o dia 31 de dezembro de 2020. Para saber mais, continue lendo!

É provável que você também goste:

Descubra como verificar o seu score de crédito na ProScore, concorrente da Serasa e do SPC

Méliuz dá 18% de cashback (dinheiro de volta) para assinatura do Disney+

Méliuz libera cashback em DOBRO somente hoje (16). Saiba como participar

Saiba mais sobre a isenção de IOF até o final do ano

Ainda no fim do mês passado, o governo brasileiro já havia antecipado o retorno do IOF para compensar a isenção de contas de luz para moradores do Amapá. Isso porque os moradores do local enfrentaram crise no fornecimento de energia elétrica e ficaram sem luz por diversos dias. No entanto, na semana passada, o governo voltou atrás novamente e decidiu que isentaria as operações de crédito da cobrança durante os 15 últimos dias do ano.

Com crédito mais barato, número de empréstimos aumentou

Uma das consequências disso foi que, nos últimos meses, por causa do IOF zerado e juros em queda, houve expansão do crédito no Brasil. Sendo assim, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os bancos do país liberaram cerca de R$ 2,6 trilhões em crédito aos cidadãos entre março e 23 de outubro. Esse valor total inclui renovações, prorrogações e operações.

Por fim, o Banco Central também informou que houve aumento de 1,9% no volume de crédito ofertado por bancos em setembro. Esse é o dado mais recente até o momento. O valor seria algo em torno de R$ 3,809 trilhões. Assim, em apenas doze meses, o crescimento no volume total do crédito bancário subiu de 12,2% para 13,1%. Outra taxa que subiu foi a de financiamento de móveis, aumentando um total de 84% em outubro deste ano, quando comparado ao mesmo mês do ano passado. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...