Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Juros do cartão de crédito rotativo voltam a cair, mas seguem acima de 400%

Os juros do cartão de crédito rotativo caem, mas ainda estão acima de 400% ao ano. Saiba mais informações!

Após dois meses de aumento consecutivo, a taxa média de juros do rotativo do cartão de crédito apresentou uma leve queda. Logo, situou-se agora em 422,5% ao ano. Este dado, divulgado pelo Banco Central na última quarta-feira (26), revela um decréscimo de 0,9 ponto percentual em relação ao mês anterior, quando a taxa estava em 423,4% ao ano.

Sendo assim, uma dívida inicial de R$ 800 no cartão de crédito, se não for paga na data de vencimento, pode alcançar R$ 4.180 após um ano. Continue a leitura para mais informações!

O que significa a redução na taxa de juros do rotativo do cartão de crédito?

Pessoa vestida de terno com cartão na mão. Acima do cartão, uma imagem de %, em rosa neon, representando juros rotativo novas regras do rotativo do cartão
Imagem: Jirsak / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

A queda na taxa de juros do cartão de crédito, embora pequena, é um indicativo de mudanças no mercado financeiro e uma possibilidade de alívio para os devedores. Esse decréscimo nos juros pode significa uma economia significativa ao longo do tempo para quem possui dívidas nessa modalidade de crédito.

Ademais, foi em dezembro do último ano que o Conselho Monetário Nacional estipulou um limite de 100% para os juros do rotativo. Esta medida, que entrou em vigor a partir de janeiro deste ano, visa proteger o consumidor de taxas excessivamente altas. Essa regulamentação é crucial para evitar que as dívidas cresçam de maneira descontrolada, dobrando o valor inicial em menos de um ano.

Por sua vez, o cheque especial, segunda linha de crédito mais cara no mercado, teve uma queda em maio, com juros médios de 128,4% ao ano. Foram dois pontos percentuais a menos que em abril. Uma dívida de R$ 800 no cheque especial, se não for paga durante um ano, pode crescer para R$ 1.827,20.

Alternativas mais acessíveis no mercado de crédito

Não obstante, os consumidores possuem alternativas com encargos menores aos juros do rotativo do cartão, como o crédito consignado. Em maio, essa modalidade apresentou uma taxa de 23,2% ao ano, a menor registrada desde fevereiro de 2022.

veja também:

Lula toma importante decisão envolvendo o futuro do BPC; confira

Por fim, para grupos distintos, como beneficiários do INSS, servidores públicos e trabalhadores do setor privado, essas taxas podem variar. A menor delas é de 21,7% ao ano para os beneficiários do INSS, por exemplo.

Imagem: Jirsak / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital