Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Ministério da Economia indica falta de recursos para pagar servidores do Banco Central

Especialistas afirmam que não existem mais verbas para arcar com despesas

0

Segundo análises feitas por integrantes do Ministério da Economia, bem como representantes do IBGE e do Ipea, o Banco Central tem enfrentado uma crise maior do que o esperado. Os resultados de análise mostram que o BC possui apenas dinheiro o suficiente para pagar os servidores do banco até março.

Segundo os especialistas, a aprovação do orçamento de 2021, que tem sido protelada desde o começo do ano, precisa ser aprovada imediatamente. Assim, caso contrário, os funcionários do banco não poderão receber o salário de março e não existe dinheiro no orçamento de 2020 para mais um mês de funcionamento.

A informação publicada pelo jornal O Globo. Ela afirma que os demais órgãos vinculados ao Ministério da Economia estão na mesma situação e com a única certeza de orçamento até março.

O Banco Central tem, até o momento, um orçamento de R$ 310,8 milhões. Contudo cerca de R$ 142  milhões foram utilizados para o pagamento dos salários em janeiro e um valor similar será utilizado para o pagamento dos salários de fevereiro. 

Sendo assim, não existe, segundo os técnicos da pasta, dinheiro o suficiente para que os compromissos de pagamentos para março sejam cumpridos. Situação que causa uma sensação de insegurança para todos os funcionários do Banco Central, assim como os demais órgãos afetados pela crise.

É provável que você também goste:

Presidente do Banco Central desacredita prorrogação do Auxílio Emergencial

Bolsonaro pretende subir isenção do IR para salários até R$ 3 mil

Banco Central libera lançamento do banco digital da Caixa

Aprovação do orçamento 2021

Embora o orçamento de 2021 ainda não tenha sido aprovado, o Ministério da Economia trabalha continuamente para que o novo orçamento seja aprovado o mais cedo possível. Um dos motivos para a demora na aprovação é a possibilidade de um novo auxílio emergencial, que ainda não foi confirmada. 

O Ministro Paulo Guedes e o Presidente da Câmara, Arthur Lira, vem se reunindo nas últimas semanas com a intenção de debater e criar estratégias para que um novo auxílio possa ser criado. 

Ainda não existem confirmações sobre o assunto, mesmo com a pressão por parte da população e da câmara dos deputados. Uma decisão deve ser tomada ainda esta semana, conforme as datas de pagamento do Bolsa Família se aproximam.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Antonio Scorza / shutterstock.com

Comentários
Carregando...