Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Moeda de 50 centavos com erro pode valer R$ 700, veja se você tem o modelo

0

Dentro da prática de colecionar moedas, existe uma classificação do grau de raridade. Os numismatas não se importam em investir altos valores para conquistarem exemplares valiosos. Para se ter ideia, a moeda mais valiosa do Brasil pode valer até milhões.

Entretanto, alguns fatores podem prejudicar o andamento do mercado, como, por exemplo, as variações consecutivas da inflação. Definir um valor justo para uma moeda rara passa a ser uma atividade mais complicada. 

Apesar de um cenário mais desafiador onde os colecionadores acabam tendo que lidar com as falsificações, o mercado ainda é bastante ativo.

É provável que você também goste:

Confira as moedas que podem valer R$ 10 mil

Moeda de R$ 50 centavos com erro pode valer R$ 700

Alguns colecionadores estão à procura de moedas de R$ 0,50 específicas, emitidas pelo Banco Central (BC) em 2012 com um erro: sem o zero. O defeito pode levar o item a valer até R$ 700 no mercado. 

Moeda rara de R$ 0,50 com inscrição de cinco centavos
Foto: Divulgação/ Banco Central

Ademais, as moedas lançadas em 1998 em comemoração aos 50 anos da Declaração dos Direitos Humanos podem chegar a valer R$ 450 cada uma. 

Em 2016, o Brasil sediou as Olimpíadas e, como forma de homenagear o evento e os esportes, o Banco Central (BC) emitiu várias moedas de R$ 1. A partir disso, a numismática ganhou ainda mais força no país.

Quanto mais antiga for a peça, mais cara ela é. Segundo fóruns e sites de colecionadores, as moedas lançadas para as Olimpíadas do Rio podem chegar a valer entre R$ 7 mil e R$ 10 mil (quantia referente à coleção completa).

O que leva uma moeda a ser rara e valiosa

Antes que uma moeda seja considerada rara, e, por sua vez, tenha um valor maior no mercado, não é necessário apenas que sua cunhagem tenha sido baixa ou que poucos  investidores e colecionadores tenham exemplares. Também se engana quem pensa que somente basta a idade da moeda.

Para que uma seja considerada realmente valiosa, questões como o estado de conservação da moeda também são levados em conta para classificá-la como rara ou não.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças. 

Imagem: SNEHIT PHOTO / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar