Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Confira as moedas que podem valer R$ 10 mil

0

Dentro da prática de colecionar moedas, existe uma classificação do grau de raridade. Os numismatas não se importam em investir altos valores para conquistarem exemplares valiosos. Para se ter ideia, a moeda mais cara do Brasil pode valer até milhões.

Entretanto, alguns fatores podem prejudicar o andamento do mercado, como, por exemplo, as variações consecutivas da inflação. Definir um valor justo para uma peça rara passa a ser uma atividade mais complicada. 

Apesar de um cenário mais desafiador onde os colecionadores acabam tendo que lidar com as falsificações, o mercado ainda é bastante ativo e os indivíduos podem até vender suas moedas por um ótimo valor

É provável que você também goste:

Moedas de R$ 0,50 valem até R$ 1.800; saiba o porquê

940 estabelecimentos aceitam criptomoedas como pagamento no Brasil

Confira quando dá para lucrar com moedas de R$ 0,50 e R$ 1

Moedas de R$ 0,50

Alguns colecionadores estão à procura de moedas de R$ 0,50 específicas. As peças procuradas foram emitidas em 2012 com um erro: sem o zero. O defeito pode levar o item a valer até R$ 1,8 mil no mercado. 

Ademais, exemplares lançados em 1998, em comemoração aos 50 anos da Declaração dos Direitos Humanos, podem chegar a valer R$ 450 cada um. As peças criadas para homenagear a realização das Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016, também são consideradas raras e valiosas.

Moedas de R$ 1

Em 2016, o Brasil sediou as Olimpíadas e, como forma de homenagear o evento e os esportes, o Banco Central (BC) emitiu várias moedas de R$ 1. A primeira peça, que homenageou a entrega da bandeira ao Brasil, foi lançada em 2012. Já outras 16 unidades simbolizavam uma modalidade paralímpica ou olímpica.

Quanto mais antiga for a peça, mais cara ela é. Segundo fóruns e sites de colecionadores, as peças lançadas para as Olimpíadas do Rio em 2016 podem chegar a valer entre R$ 7 mil e R$ 10 mil (quantia referente à coleção completa). Veja quais são as 5 mais valiosas.

  • Moeda da entrega da bandeira olímpica: Conhecida como moeda da entrega da bandeira olímpica, criada em 2012, foi a primeira moeda da coleção e homenageou a entrega da bandeira olímpica ao Brasil. É possível encontrá-la na internet com valor entre R$ 175 e R$ 300.
  • Moeda Atletismo: O atletismo, que é o esporte mais antigo dos Jogos Olímpicos, fez parte do primeiro conjunto criado pelo BC e pela Casa da Moeda. O anverso da peça possui a imagem de um atleta executando um salto triplo. Ela pode custar entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda Natação: Mais uma das lançadas pelo BC e pela Casa da Moeda, a peça traz em seu anverso a imagem de dois nadadores mergulhando em uma piscina. O preço da moeda varia entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda Paratriatlo: A peça foi a primeira criada para representar uma modalidade paralímpica e possui em seu anverso imagens de um atleta em três momentos da competição. Ela pode valer entre R$ 8 e R$ 30.
  • Moeda dos mascotes Vinicius e Tom: Criada em homenagem aos compositores Vinicius de Moraes e Tom Jobim, as moedas podem chegar a valer entre R$ 8 e R$ 30.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: cesarvr / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar