Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Receita Federal alerta sobre nova fraude por correspondência

Quem aplica a fraude, fingindo ser da Receita Federal, pode responder por crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsa identidade

0

A Receita Federal está em alerta com uma nova fraude do empréstimo, que usa o nome da instituição do governo. Nele, o criminoso manda uma notificação falsa por correio, e exige que a pessoa pague IOF. Dessa forma, ele vai ter liberado um valor de empréstimo em suma instituição financeira. Por isso, se você receber uma mensagem assim, fique de olho: é uma cilada!

Novo golpe do Pix promove falsos descontos às vítimas

Receita Federal alerta sobre nova fraude por correspondência

Em suma, a pessoa que pede ou negocia um empréstimo ou financiamento com uma instituição financeira ganha, via correio, uma cobrança de IOF. Além disso, supostamente é a Receita Federal que envia esse documento.

Seja membro

Entretanto, esse documento é FALSO e trata-se de uma fraude! Na notificação, o criminoso garante que o crédito ou financiamento vai ser desbloqueado mediante o pagamento desse imposto. Além disso, na correspondência constam os dados bancários para o depósito e uma assinatura – que também é falsa.

Por isso, se você ganhar uma correspondência assim, não assine e nem pague nada, pois se trata de uma fraude. É importante estar atento aos seguintes detalhes:

  • A Receita Federal não fornece os dados bancários para o recolhimento de tributos federais, nem por depósito, nem por transferência. O pagamento do IOF é feito apenas via Darf;
  • Além disso, a cobrança e o pagamento do IOF é feito pela instituição que dá o crédito, e não pela Receita Federal;
  • Por fim, preste atenção aos erros de português, e as informações confusas, incorretas e orientações desencontradas. Isso pode ajudar a identificar que se trata de uma fraude.

O que fazer se você cair nesse golpe?

Se você cair na fraude do empréstimo, o 1º passo é não ter vergonha, pois qualquer pessoa pode ser vítima de um golpe. Além disso, é necessário ir até uma unidade de atendimento da Receita Federal. Ou ainda, denunciar para a Ouvidoria-Geral do Ministério da Fazenda pela internet, clicando aqui.

Por fim, quem aplica a fraude, fingindo ser da Receita Federal, pode responder por crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsa identidade. Além disso, o criminoso pode ser responsabilizado ainda, pelos danos causados à imagem da Instituição e do próprio servidor envolvido.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal  do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: AngieYeoh /shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.