Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nova lei libera isenção nas contas e novos benefícios para idosos

Nova lei garante isenção de contas e benefícios extras para idosos. Saiba mais agora e aproveite! Leia para detalhes.

Os brasileiros com 60 anos ou mais têm uma série de benefícios garantidos por leis federais e estaduais que buscam melhorar a qualidade de vida deste grupo. Entre as principais vantagens estão isenções fiscais e descontos em serviços essenciais. Os idosos precisam obter a Carteira do Idoso para acessar esses privilégios. Essa é uma documentação simples de adquirir, que oferece uma série de facilidades.

Essa carteira possibilita desde gratuidade e descontos em transportes até atendimentos prioritários em diversas instituições. A obtenção do documento é um processo direto, geralmente realizado através da internet ou em unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), disponível para quem tem renda confirmada de até dois salários mínimos.

Quais isenções os idosos podem obter?

Casal de idosos comemorando na frente do computador
Imagem: fizkes / Shutterstock.com

As isenções destinadas aos idosos são uma medida crucial para garantir sua qualidade de vida e bem-estar financeiro, abrangendo uma gama diversificada de benefícios conforme a região. Um exemplo é a isenção do IPTU, que alivia o ônus financeiro sobre imóveis utilizados como residência por pessoas idosas, permitindo que mantenham sua moradia de forma mais acessível.

Além disso, a isenção do IPVA para veículos próprios é uma forma de reconhecer as necessidades de mobilidade dessa parcela da população, contribuindo para sua independência e autonomia. Outro aspecto importante são as reduções nas contas de consumo, como água, luz, telefone e internet, que aliviam o impacto financeiro sobre os idosos.

Como emitir o documento?

Além disso, você pode obter a Carteira do Idoso gratuitamente e pode realizar o processo de maneira prática e rápida. O primeiro passo é verificar se o idoso está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, pois geralmente é solicitado o número NIS (Número de Identificação Social) durante o processo de solicitação do documento.

Veja também:

Caixa libera saque do FGTS a um novo grupo; confira quem tem direito

Assim, após confirmada a inscrição no Cadastro Único, o idoso pode solicitar a emissão do documento tanto online, através do site destinado à Carteira do Idoso, quanto presencialmente, nas unidades do CRAS. Essa carteira oferece não só benefícios em isenções, como também promoções em lazer e cultura, proporcionando uma vida mais ativa e inclusiva para o idoso.

Imagem: PeopleImages.com – Yuri A/Shutterstock