Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Novas regras do INSS facilitam aposentadoria por invalidez: Entenda!

Descubra como o INSS simplifica o processo de aposentadoria por invalidez, quem pode se qualificar e mais. Leia aqui!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) introduziu mudanças significativas no processo de concessão da aposentadoria por invalidez.

As alterações incluem uma nova lista de condições médicas que podem acelerar a obtenção deste benefício tão crucial para muitos brasileiros. Entenda mais a seguir.

Por que a aposentadoria por invalidez do INSS é importante?

Médica com estetoscópio pendurado no pescoço, ao lado da cama de hospital com um homem idoso deitado recebendo atendimento
Imagem: @DCStudio / Freepik.com – Edição: Seu Crédito Digital

A aposentadoria por invalidez do INSS oferece segurança financeira àqueles que, por razões de saúde, estão permanentemente incapazes de trabalhar.

No entanto, o processo para obter esse benefício é complexo, exigindo uma série de documentos e, muitas vezes, uma perícia médica rigorosa.

Quem está qualificado para a aposentadoria por invalidez?

Para ser considerado elegível para a aposentadoria por invalidez, o trabalhador deve ser um segurado da Previdência Social e ter contribuído regularmente.

Além disso, precisa demonstrar, via documentos e perícia médica, que está totalmente e permanentemente incapaz de trabalhar.

Como solicitar?

O primeiro passo é verificar se você está de fato inscrito como segurado do INSS. Em seguida, deve-se agendar uma perícia médica. Esta avaliação é crucial, pois será o ponto de partida para o reconhecimento da incapacidade laboral pela instituição.

  • Acesse o site ou app Meu INSS: Aqui é possível agendar a perícia diretamente;
  • Central de Atendimento 135: Também é possível agendar a perícia por este canal.

Uma vez comprovada a incapacidade total e permanente, e reconhecida pelo perito médico, o processo para a concessão da aposentadoria por invalidez segue seu curso dentro do órgão.

Doenças que asseguram a aposentadoria por invalidez pelo INSS

Outra situação que dispensa o período de carência é quando o segurado é afetado por uma doença grave definida pelo Ministério da Saúde. As doenças incluídas nessa lista são:

  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
  • Alienação mental;
  • Cardiopatia grave;
  • Cegueira (inclusive monocular);
  • Contaminação por radiação;
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante);
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose múltipla;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Fibrose cística (Mucoviscidose);
  • Hanseníase;
  • Nefropatia grave;
  • Hepatopatia grave;
  • Neoplasia maligna (câncer);
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Tuberculose ativa.

Quais são os benefícios financeiros desta aposentadoria?

O segurado aprovado para a aposentadoria por invalidez do INSS tem direito a uma renda mensal calculada com base em seus anos de contribuição. Esse benefício é crucial para a sobrevivência financeira daqueles que não podem mais trabalhar.

Veja também:

Governo anuncia aumento de 50% no Bolsa Família!

É essencial que todos os trabalhadores estejam cientes das novas regulamentações e que consultem um advogado especializado em direito previdenciário para garantir o cumprimento correto de todos os procedimentos e maximizar as chances de aprovação do benefício.

Imagem: @DCStudio / Freepik.com – Edição: Seu Crédito Digital