Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Novo benefício de R$ 702 é confirmado dentro do Bolsa Família

Novo benefício de R$ 702 aprovado para integrar o Bolsa Família: Saiba mais sobre essa importante atualização social.

Para milhões de brasileiros que utilizam o Caixa Tem, a plataforma não só facilita transações cotidianas, mas também é um canal essencial para o recebimento do Bolsa Família. Durante este mês, o aplicativo será utilizado para repassar valores que oscilam entre R$ 600 e R$ 900, oferecendo suporte financeiro crucial para várias famílias brasileiras.

O montante que cada beneficiário pode receber é determinado por critérios específicos, incluindo a composição familiar. A estrutura desse suporte financeiro é composta por um valor base, um auxílio para gás e, para famílias com crianças pequenas, um valor adicional por filho. Como resultado, dependendo do número de dependentes, o valor final pode chegar até R$ 900.

Como são calculados os valores do Bolsa Família?

auxílio para mães do Bolsa Família
Imagem: Adao / Shutterstock.com

Dessa forma, o Bolsa Família garante R$ 600 como valor base. Adicionalmente, o Auxílio Gás contribui com R$ 102, e as famílias com crianças de zero a seis anos recebem R$ 150 por criança, com um limite de duas. Assim, um exemplo claro é o de uma família com duas crianças pequenas, que receberá um total de R$ 900.

Veja também:

Confira quais serão as mudanças no cartão de crédito a partir de julho

Uma vez que os depósitos são efetuados, os beneficiários podem utilizar seus fundos no Caixa Tem para uma variedade de operações. Dessa maneira, isso inclui desde pagamentos de contas e boletos, passando por transferências via Pix, até compras em ambientes digitais e físicos usando o cartão de débito virtual. Além disso, o aplicativo permite recargas de celulares e até saques em dinheiro.

Como funciona o calendário de pagamento?

  • 17 de junho: Final do NIS 1 (disponibilidade antecipada em 15/06);
  • 18 de junho: Final do NIS 2;
  • 19 de junho: Final do NIS 3;
  • 20 de junho: Final do NIS 4;
  • 21 de junho: Final do NIS 5;
  • 24 de junho: Final do NIS 6 (disponibilidade antecipada em 22/06);
  • 25 de junho: Final do NIS 7;
  • 26 de junho: Final do NIS 8;
  • 27 de junho: Final do NIS 9;
  • 28 de junho: Final do NIS 0.

Assim, essas datas são parte de uma programação cuidadosamente planejada pela Caixa Econômica Federal para assegurar que os pagamentos sejam feitos organizadamente e sem contratempos. Além disso, em emergências, como ocorreu recentemente no Rio Grande do Sul, os pagamentos são liberados de maneira prioritária para garantir que as necessidades imediatas dos afetados sejam atendidas.

Imagem: Sidney de Almeida / Shutterstock.com