Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nubank dá dicas de como não cair no golpe do emprego

Como não cair em golpes de empregos na internet.

0

O golpe do emprego é algo bastante antigo, mas ele vem evoluindo com a tecnologia. Como se não bastasse a extrema dificuldade que os brasileiros enfrentam para conseguir uma vaga de emprego, agora eles também devem ficar de olho em cada vaga que surge, para evitar cair em uma falsa vaga de trabalho. O Nubank fez um longo artigo explicando como não cair neste golpe.

É provável que você também goste:

BNDES investe em sua nova fase de banco de investimentos

Previsão para taxa Selic aumenta, segundo mercado financeiro

Seja membro

Empréstimo no Caixa Tem: você pode conseguir até R$ 5 mil

Como funciona o golpe do emprego?

Este golpe funciona de diversas formas, mas a mais usada é quando alguém entra em contato com a pessoa e a chama para uma falsa entrevista. No entanto, ao chegar ao local, a empresa nada mais faz do que tentar te oferecer um curso.

Estes atos não são apenas uma perda de tempo, mas atingem de forma severa aqueles que usam o pouco dinheiro que têm para gastar com passagem e lanche para chegar na entrevista de “emprego”. Esse tipo de golpe do emprego prejudica, sobretudo, os mais necessitados, que pensam que aquele curso pode lhe garantir algo.

Como identificar estes golpes?

Com base no conhecimento da diretora do RH da Nubank, Jéssica Sandin; identificar estes golpes é bem complicado, mas não impossível. “Faça perguntas sobre a empresa, como o tamanho, planos do negócio, a área da oportunidade, por que ela é estratégica para a empresa naquele momento… Pergunte tudo o que pode te ajudar a entender sobre a vaga, ainda que ela seja confidencial”, são algumas das dicas de Sandin.

Tendo esta conversa, fica mais fácil de identificar qualquer inconsistência em sua fala. Afinal, a pessoa com quem se fala, pode se enrolar ao falar da vaga ou falar de maneira muito genérica sobre a mesma. Porém, essa não é uma maneira 100% eficaz, por isso é de suma importância fazer uma boa pesquisa a respeito da empresa que supostamente está oferecendo vagas de emprego.

Busque no Google, no Reclame Aqui e veja a reputação da empresa que te sondou. O mesmo vale para o LinkedIn. Ele não serve só para as pessoas te encontrarem, mas para você pesquisar também. Se o perfil da empresa ou da recrutadora não tem foto, não tem descrição, ninguém seguindo… Desconfie.”, pontua Jéssica Sandin.

Todo este processo de analisar a empresa, pode vir a ser demorado, contudo é a melhor forma de você descobrir a veracidade da empresa para a qual você possivelmente está sendo recrutado. Afinal, no fim o tempo que você gastou na pesquisa vai valer muito a pena para garantir uma entrevista de emprego válida.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Surapong Buacharoen / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.